Piloto da Hyundai no WRC, Craig Breen morre aos 33 anos após acidente em teste para o Rally Croácia

Irlandês acumulou 30 vitórias de estágios e oito pódios em 81 rallys disputados desde 2016; copiloto escapou do acidente sem maiores lesões

Craig Breen, Hyundai World Rally Team

O mundo do automobilismo está em luto. Morreu nesta quinta-feira (13) o irlandês Craig Breen, piloto do Campeonato Mundial de Rally (WRC). Breen participava de um teste em preparação para a próxima etapa do WRC, na Croácia, quando se envolveu em um acidente e não sobreviveu.

O piloto da equipe oficial da Hyundai escapou da pista durante um teste coletivo nas estradas asfaltadas da Croácia hoje e não sobreviveu aos ferimentos. Seu copiloto, James Fulton, saiu sem maiores lesões.

Leia também:

Breen se preparava para a segunda participação na temporada 2023 do WRC como terceiro piloto da Hyundai. Neste ano ele retornava à montadora sul-coreana após uma passagem pela M-Sport-Ford em 2022.

Na primeira etapa disputada por ele em 2023, o piloto de 33 anos terminou na segunda posição no Rally da Suécia. Esse resultado igualou o melhor de sua carreira, obtido na Suécia 2018, Estônia 2020 e 2021 e Sardenha 2022.

A Hyundai confirmou a morte de Breen através de um breve comunicado: "A Hyundai Motorsport lamenta profundamente a confirmação da morte de Craig Breen após um acidente durante um teste pré Rally Croácia".

"O copiloto James Fulton não se lesionou no acidente, que ocorreu pouco após o meio-dia, horário local. A Hyundai Motorsport envia os mais sinceros pêsames à família, amigos e fãs de Craig. A Hyundai Motorsport não fará mais comentários neste momento".

O WRC também se pronunciou: "A família do WRC está chocada e entristecida pela morte de Craig Breen. Nossos pensamentos e sentimentos estão com a família e amigos de Craig neste momento incrivelmente triste".

Piloto do mundo do off road, o presidente da FIA, Mohammed ben Sulayem, divulgou um comunicado nesta manhã: "Em nome da FIA, estendo meus sinceros pêsames à família e aos amigos de Craig Breen após sua morte durante um teste privado na Croácia. Nossos pensamentos e orações estão com sua família e a comunidade do rally neste momento difícil".

Craig Breen, James Fulton, Hyundai World Rally Team Hyundai i20 N Rally1

Craig Breen, James Fulton, Hyundai World Rally Team Hyundai i20 N Rally1

Photo by: Austral / Hyundai Motorsport

Breen, filho do também piloto de rally Ray Breen, iniciou sua carreira no automobilismo de pista, mas fez a mudança para o rally em 2009. Após competir no Campeonato Britânico de Rally e no Campeonato Irlandês de Rally no Asfalto em 2010, ele seguiu para o WRC, competindo na WRC Academy, onde foi o primeiro campeão.

Breen chegou ao pináculo do rally em 2016, quando guiou um Citroen DS3 de forma temporária, conquistando seu primeiro pódio no Rally Finlândia, onde foi terceiro colocado. Ele seguiu com a marca francesa até o fim de 2018.

A Hyundai o contratou de forma esporádica entre 2019 e 2021, conquistando quatro pódios em nove etapas. Breen foi para a M-Sport no ano passado, mas retornou à montadora sul-coreana em 2023. No total, ele obteve 30 vitórias de estágios no WRC e oito pódios em 81 rallys disputados.

Diversos pilotos do mundo do esporte a motor lamentaram a morte de Breen nas redes sociais. "Notícia muito triste, descanse em paz", escreveu o campeão da Fórmula E e piloto reserva da Aston Martin na F1, Stoffel Vandoorne.

 

Valtteri Bottas, piloto da Alfa Romeo na F1, disse: "Uma notícia chocante, descanse em paz Craig".

 

"Não acredito nisso! Descanse em paz. Meus sentimentos à família", lamentou o português António Félix da Costa, campeão da Fórmula E.

 

"Não! É muito triste que tenhamos perdido Craig Breen em um teste privado de rally", disse Alex Wurz, ex-piloto de F1 e um dos diretores da GPDA, a Associação de Pilotos da F1. "Meus sentimentos à sua família e amigos. Ele era uma ótima pessoa. Descanse em paz meu caro amigo".

 

EXCLUSIVO: Ouça Massa detalhando possível judicialização do GP de Singapura de 2008

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Vettel revela admiração pelo rali e diz que pillotos não têm holofotes que merecem
Próximo artigo F1: O decisivo ato de Horner com o "personagem" Steiner na Red Bull, nas palavras de Christian

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil