F1: Entenda como a Red Bull planeja levar a inteligência artificial a níveis nunca vistos

IA pode ajudar à escuderia austríaca na compreensão e planejamento de estratégias das corridas

 F1: Entenda como a Red Bull planeja levar a inteligência artificial a níveis nunca vistos

As equipes de Fórmula 1 não se opõem ao uso de tecnologia de ponta como uma tentativa de encontrar uma vantagem sobre os seus rivais. A Red Bull, portanto, se juntou aos gigante da tecnologia da computação Oracle a fim de levar adiante o uso de IA e ML na categoria.

Nos últimos anos, tem havido uma marcha lenta no uso de Inteligência Artificial (IA) e Aprendizado de Máquina (ML), à medida que as equipes usam cada vez mais os computadores para tentar entender os terabytes de dados que agora acumulam a cada final de semana.

Leia também:

Mas a necessidade de se tornar mais eficiente no tratamento de dados aumentou bastante conforme o limite de custos - especialmente para as grandes empresas.

Foi fascinante, portanto, ouvir recentemente que um dos principais fatores da parceria de patrocínio da Red Bull com os gigantes da tecnologia de computação Oracle não girava em torno de quanto dinheiro estava envolvido, nem em relação ao tamanho dos adesivos no RB16B.

Em vez disso, o aspecto mais empolgante para a escuderia e seu parceiro era como ambos planejaram levar adiante o uso de IA e ML na F1.

Como o chefe da equipe, Christian Horner, explicou: “IA e ML são grandes categorias que estão surgindo. Ambas as áreas, com a quantidade de dados que geramos, a forma como simulamos, etc, vão desempenhar um papel fundamental em nossa tomada de decisão, à medida que o tempo de rastreamento se torna cada vez menor."

“Com a Oracle, temos uma empresa na vanguarda desta indústria. É uma parceria fenomenal para nós e, particularmente, à medida que entramos em uma jornada para o futuro através do chassi e do motor, as possibilidades são enormes.”

No entanto, o trabalho do momento não é fazer com que a Red Bull defina quais são essas possibilidades exatas. Uma vez que a F1 é uma guerra entre equipes, e qualquer informação detalhada que a escuderia austríaca e a Oracle forneçam sobre como pretendem desencadear a IA e ML só ajudaria a informar os rivais a fazerem a mesma coisa.

“Não queremos dizer a todos os nossos concorrentes exatamente o que estamos fazendo", apontou Horner.

Mas, embora não seja muito aberto, o chefe da equipe foi claro sobre o tipo de área em que a equipe precisa fazer melhor uso de seus dados - e é aí que o aprendizado de máquina e as ferramentas de IA podem intervir e ajudar.

“Os dados e a forma como operamos são a nossa força vital”, disse.

“Nós simplesmente geramos muito disso. E tem impacto em tudo o que fazemos: a maneira como corremos, a maneira como desenvolvemos um carro, a forma como analisamos os pilotos e a seleção dos pilotos. Portanto, ele desempenha um papel fundamental."

“Queremos liberar nossos departamentos técnicos e, obviamente, o envolvimento dos fãs, e extrair o máximo que pudermos.”

Explorando suas áreas com mais profundidade, a IA certamente pode ajudar na compreensão e no planejamento da estratégia de corrida e dar uma vantagem à Red Bull quando se trata de ataque.

Os computadores também podem oferecer orientação sobre a escolha da configuração para um final de semana de corrida e ajudar os projetistas de carros nas direções melhor posicionadas para seguir quando se trata de desenvolvimentos de atualização.

Além disso, existe o impacto do limite de gastos neste ano, o que significa que as equipes precisam colocar a eficiência acima de quase tudo no que tange decidir onde implantar recursos.

“Tomar a melhor decisão possível para desenvolver seu carro de maneira eficiente em termos de custos, um desempenho com boa relação custo-benefício, é absolutamente crucial para nós, à medida que avançamos com a falta de testes", disse Horner.

“Portanto, a forma como analisamos os dados é crucial para nós, e acho que é aqui que essa parceria vai pagar dividendos absolutos. ”

Então pode haver uma dinâmica fascinante em jogo onde a escolha final de quem seria o companheiro de Max Verstappen no futuro não se resume à intuição de Horner e Helmut Marko, mas sim o que uma máquina de IA diria a eles.

Uma área em que a escuderia pode ser mais aberta sobre onde a IA será usada é o marketing.

Ao invés de tentar ativar campanhas e se promover com o envio em massa de e-mails ou bombardeando plataformas de mídia social, ele sente uma oportunidade de dar aos fãs de F1 o que eles querem e quando querem.

A IA seria capaz de entender melhor exatamente que tipo de conteúdo um torcedor individual quer. 

“Usando o aprendizado da máquina e IA, podemos entender nossa base de fãs muito melhor", explicou o diretor de marketing da Red Bull, Oliver Hughes.

“Então, em vez de, no momento, fazer segmentação manual e relatórios manuais, como falamos para um público no mercado X ou demográfico Y? Agora não precisamos fazer isso."

“Podemos usar as ferramentas de aprendizado de máquina para definir parâmetros por nós. Isso tornará todo o processo muito menos manual e muito mais automatizado. Portanto, você receberá as informações quando quiser, em vez de quando estivermos enviando para você. ”

Se as ferramentas de IA e ML estão sendo usadas para o desempenho do carro da Red Bull, melhorando a forma como o time trabalha, na escolha de pilotos ou apenas no marketing, da perspectiva da Oracle, é essencial que seu envolvimento na F1 mostre exatamente o que seus produtos podem fazer.

“Não há promoção sem desempenho. Em 2021, os dias de ter um benefício de marketing como um provedor de tecnologia por colocar seu logotipo em algum lugar, acabaram", disse o diretor de marketing da Oracle, Ariel Kelman.

“É tudo uma questão de ser capaz de provar o verdadeiro sucesso em ser um motor de inovação para nossos clientes. Então, podemos deixar nossos clientes contarem as histórias, para que outras empresas possam aprender e se inspirar sobre o que podem fazer com nossa tecnologia", concluiu. 

F1 2021: A verdade sobre motor Honda e tudo sobre o GP em Ímola com Rico Penteado | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST – Quais são os pilotos mais carismáticos da F1, mas sem grandes resultados?

 

compartilhar
comentários
Conheça o gato Formulino, mascote “dono de Ímola” que recebeu passe VIP da F1

Artigo anterior

Conheça o gato Formulino, mascote “dono de Ímola” que recebeu passe VIP da F1

Próximo artigo

Hamilton vs Verstappen e mais: o que está em jogo no GP de Ímola da F1?

Hamilton vs Verstappen e mais: o que está em jogo no GP de Ímola da F1?
Carregar comentários