Alonso acredita que deveria ter deixado F1 "mais cedo" do que 2018

Bicampeão saiu da categoria máxima há três anos para se aventurar em outros campeonatos e voltou 'renovado' em 2021

Alonso acredita que deveria ter deixado F1 "mais cedo" do que 2018

Fernando Alonso retornou à Fórmula 1 em 2021, após sua 'aposentadoria' em 2018, e mostra um bom desempenho e 'leveza' com a Alpine, algo não visto nos conturbados anos do espanhol na McLaren durante parceria com a Honda. Para ele, o tempo fora da categoria foi essencial para renovar os ânimos e acredita que deveria ter feito isso antes.

Depois de sair da divisão máxima do esporte a motor, o bicampeão marcou presença na Indy 500, nas 24 Horas de Daytona pelo IMSA, onde ganhou uma edição, correu o Rally Dakar de 2020 e conquistou o título do Mundial de Endurance (WEC) em 2018-19 pela Toyota, com direito a duas vitórias nas 24 Horas de Le Mans.

Leia também:

Questionado pelo jornal francês L'Equipe se tinha algum arrependimento por ter saído da F1 em 2018, ele respondeu: "Nenhum, talvez no máximo por ter feito isso muito tarde."

"Eu deveria ter deixado a categoria mais cedo. Agora é fácil dizer, mas não deveria ter esperado até 2018. Deveria ter ido em 2015 ou 2016 e experimentar o Dakar e os endurances. Já tinha isso em mente em 2015, mas tive que amadurecer um pouco. Talvez tenha sido demorado demais", acrescentou.

Alonso é atualmente o décimo colocado no campeonato de pilotos da Fórmula 1 com 58 pontos. Seu resultado de maior destaque foi a quarta posição no GP da Hungria, que teve a vitória de seu companheiro de equipe Esteban Ocon.

Com cinco corridas restando na atual temporada, o desempenho do espanhol em 2021 já é o seu melhor desde que deixou a Ferrari no final de 2014. Sua maior pontuação até então havia sido a de 2016 pela McLaren, quando terminou com 54 tentos.

F1 AO VIVO: FIM DA LINHA para Mercedes/Hamilton em '21? O pós-GP, VW na F1, POLÊMICAS nos EUA e mais | RETA FINAL

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #139 – Qual o campeonato da F1 mais emocionante do século?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Wolff acredita que Mercedes pode "vencer as cinco corridas restantes"
Artigo anterior

F1: Wolff acredita que Mercedes pode "vencer as cinco corridas restantes"

Próximo artigo

F1: Rubens Barrichello estará na transmissão do GP de São Paulo na Band

F1: Rubens Barrichello estará na transmissão do GP de São Paulo na Band
Carregar comentários