Últimas notícias

Alonso: regras novas me farão decidir se continuo na F1

Bicampeão mundial diz que novo regulamento de 2017 vai determinar se segue na F1 ou para de competir

Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren on the drivers parade
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren Honda
Paul Monaghan, Red Bull Racing Chief Engineer with Fernando Alonso, McLaren on the grid
Fernando Alonso, McLaren
Fernando Alonso, McLaren MP4-31

Aos 35 anos de idade, Fernando Alonso já se encontra na parte final de sua carreira na Fórmula 1. No campeonato desde o ano de 2001, o piloto espanhol disse que seu futuro depende das novas regras que a categoria planeja implantar no ano que vem.

"Os carros estão mais lentos do que há alguns anos. Há o sentimento de que nós temos que economizar combustível, pneus, bateria e etc. Há uma economia constante que vai contra o instinto de um piloto, que é dar o máximo", disse Alonso à rádio espanhola COPE.

"Assim, a minha continuidade na Fórmula 1 vai depender das regras do próximo ano, se os carros serão muito diferentes.”

"Se os carros forem divertidos, se eu tiver a sensação de que estou dirigindo no limite, como era o caso da Fórmula 1 no passado, não será um problema ficar. Se esta fórmula de poupar for continuar, então vamos ver."

Alonso insistiu que o desempenho da McLaren não afetará sua decisão, desde que ele esteja gostando de guiar.

"Meu contrato com a McLaren termina no próximo ano e eu vou pensar sobre isso. Mas não tem nada a ver com os resultados, é mais sobre o quanto eu estiver gostando de guiar."

Apesar da parceria McLaren-Honda não ter alcançado os resultados que esperava até agora, Alonso diz que ainda está gostando do desafio.

"Durante estes dois anos difíceis, com um projeto que começou a partir de zero, estou me divertindo e estou aprendendo um monte de coisas.”

"Crescemos com McLaren e a Honda juntas a partir de zero, e isso é um desafio enorme para a carreira de um piloto.”

"Se eu sentisse que preciso ganhar corridas, ou se não tivesse nenhum título, sentiria uma pressão diferente ou seria mais impaciente para ganhar. No meu caso, é um desafio maravilhoso no qual estou envolvido."

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Massa lembra Schumacher em jogo: "pessoa incrível"
Próximo artigo Perez critica atuação de Verstappen em duelo com Kimi

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil