Fórmula 1 GP de São Paulo

ANÁLISE: Alonso na Red Bull? Pérez fora? Aston à venda? Entenda rumores recentes do paddock da F1

Máquina de rumores da F1 pegou fogo nos últimos dias após tweet enigmático de jornalista espanhol

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23, battles with Sergio Perez, Red Bull Racing RB19

A máquina de rumores da Fórmula 1 foi para outro nível esta semana após o abandono de Sergio Pérez no GP do México e um tweet enigmático de um jornalista espanhol.

Em meio a uma constante especulação sobre sua manutenção, Pérez sabia que uma boa performance em casa silenciaria as dúvidas sobre seu futuro, provando que as ameaças de uma volta por cima vistas em Austin eram reais. Mas seu 'vai ou racha' na curva 1 deu errado, com a batida em Charles Leclerc causando danos extensos ao carro.

Leia também:

A saída, combinada com o segundo lugar de Lewis Hamilton, deixou Pérez novamente com seu vice-campeonato ameaçado, o que infla ainda mais as conversas sobre uma demissão no fim do ano. E isso ganhou ainda mais força após o jornalista espanhol Albert Fabrega postar um tweet engimático sobre algo grande que estaria para acontecer.

 

"Não quero acreditar no rumor que me contaram agora no paddock. Não", escreveu o espanhol no X / Twitter. A ausência de qualquer informação, contexto ou explicação sobre o quão confiável seria o rumor incendiou a F1. O tweet teve mais de 11 milhões de visualizações.

Com Fabrega sendo espanhol, as pessoas suspeitaram que o rumor certamente seria sobre Fernando Alonso. Teria o piloto ficado frustrado com a queda de rendimento da Aston Martin, decidindo que essa era a hora de sair da F1? Ou poderia ser um rumor ligado ao futuro de Pérez? Muitos perguntaram se o mexicano seria demitido com Alonso ocupando seu lugar em 2024.

Sergio Perez, Red Bull Racing, Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team,

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Sergio Perez, Red Bull Racing, Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team,

Essa teoria ganhou força após a página da Red Bull Espanha postar no Twitter um emoji de segredo pouco após a publicação de Fabrega.

 

Fabrega não deve ter previsto que seu tweet viralizaria, e certamente não é o tipo de jornalista que faria isso pela atenção. Mas, independente do motivo, a caixa de pandora estava aberta e não teria como silenciar as fofocas - mesmo com Fabrega postando mais tarde para acalmar a situação.

 

"Só vou dizer uma coisa sobre o rumor que comentei ontem. Pelo tom do texto é compreensível que se trata de algo que eu não gostaria que acontecesse. A partir disso, podem especular o tanto que quiserem. E espero que siga um rumor e não vire uma notícia. Fim".

Então, quais são as principais teorias que cercam os tweets de Fabrega?

A que Alonso estaria pronto para sair parece improvável. O piloto de 42 anos deixou a Alpine no fim de 2022 porque a equipe não queria fechar um acordo de múltiplos anos com ele. Ele quer seguir no esporte enquanto se sentir rápido.

Ele parece tão motivado e com fome como sempre e, apesar de não estar tão feliz com a performance da Aston Martin quanto no começo do ano, não há pistas de que ele possa estar desistindo do projeto.

Na verdade, ele parece entender que o ritmo incrível do começo do ano foi um bônus, e que colocar a Aston Martin mais próxima do começo parece mais uma missão de longo prazo.

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

"Eu sei que, a cada dia, estamos mais como futebol aqui e apenas o último resultado parece contar. Mas não podemos esquecer de onde viemos e o que é o projeto. Então tenho muito orgulho dessa temporada até aqui".

Se Alonso está animado para mais na F1, então os rumores sobre ele ser o candidato para substituir Pérez parecem mais plausíveis. Afinal, alguns apontaram que poderia estar relacionado com uma conversa no GP do Catar entre Christian Horner, chefe da Red Bull, e Flavio Briatore, empresário de Alonso.

A sequência de Pérez no dominante RB19 vem desapontando neste ano. Ele não vence desde abril, no Azerbaijão, e seu melhor resultado nos últimos cinco GPs foi um quarto lugar em Austin, auxiliado pela desclassificação de Hamilton.

A diferença entre ele e Verstappen infla as conversas ao longo do ano de que sua vaga pode estar sob ameaça, apesar dele já ter o contrato para 2024. Mas, apesar da intensidade dos rumores, fontes importantes na Red Bull insistem que a equipe não pensam em outro cenário a não ser Verstappen e Pérez como dupla no começo de 2024.

Enquanto pode existir um elemento de frustração com o fato de Pérez não ter feito mais com o RB19, na verdade não há candidatos óbvios que entregariam mais, que teriam a mentalidade ideal para disputar contra Verstappen, além de terem disponibilidade para isso.

Em teoria, Alonso cumpriria todos esses pré-requisitos mas, segundo apurado, ele não é considerado pelos chefes da Red Bull - e ele também não é bem quisto pela Honda.

Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team

A equipe sabe que trazer Alonso tem também uma grande bagagem política, e isso pode causar problemas internos que desestabilizariam Verstappen. As fontes da Red Bull insistem que ele não é uma opção e que a conversa de Horner e Briatore no Catar não tinha relação com os pilotos. Uma das fontes chegou a dizer que a contratação de Alonso "não faria sentido algum".

Há outros pilotos rápidos que cairiam como uma luva para a Red Bull, como Lando Norris. Mas o britânico está fechado com a McLaren, estando disponível apenas no fim de 2025, sem ter como substituir Pérez no momento.

Isso deixa Daniel Ricciardo como o candidato mais provável para substituir Pérez - especialmente após sua performance no México. Mas enquanto ele possa ter impressionado, talvez a Red Bull ainda não tenha visto o suficiente para garantir que ele esteja pronto para voltar.

Porém, não é impossível que tal promoção possa acontecer em algum momento de 2024 caso Pérez não melhore. Caso tal cenário aconteça, o mexicano estaria fora de vez da Red Bull, já que seu contrato não inclui uma possibilidade de troca para a AlphaTauri.

Por enquanto, a mensagem é clara: os chefes da Red Bull têm fé e esperam que Pérez possa fechar forte o ano, usando isso como um incentivo para um 2024 melhor. Marko disse que a exibição do mexicano na última semana: "Foi uma super performance até a primeira volta e, na corrida, estou convencido que ele também terminaria no pódio".

Horner também ficou encorajado pelo ritmo promissor de Pérez no México, mas está ciente do desafio do piloto para garantir o vice-campeonato.

Sergio Perez, Red Bull Racing

Photo by: Red Bull Content Pool

Sergio Perez, Red Bull Racing

Apesar de não ser um caso simples de garantir o vice-campeonato = garantir sua vaga em 2024, a equipe espera que essas corridas finais deixem a impressão de uma virada de página para Pérez.

Questionado se o vice-campeonato decidiria o futuro de Pérez, Horner disse: "Não é tão binário assim. É preciso olhar para as circunstâncias e mais, e fizemos... Checo tem um acordo conosco para 2024 e essa é a nossa intenção, tê-lo no carro em 2024".

"Vamos dar a ele todo o suporte necessário para garantir que ele termine em segundo, mas não há um pré-requisito de que, se ele não conseguir, ele está fora".

Mas a linguagem de Horner chamou a atenção, já que o uso da palavra "intenção" no mundo da F1 geralmente tenta diferenciar o que um quer que aconteça versus o que realmente acontecerá.

Por enquanto, não parece que a Red Bull esteja buscando um piloto diferente para 2024, então parece que o tweet de Fabrega possa ser sobre outra coisa. A ligação com Alonso é óbvia, e parece ter algumas dúvidas sobre as perspectivas futuras da Aston Martin.

Após a queda da equipe, e especialmente pelas dificuldades de Lance Stroll neste ano, estaria Lawrence Stroll perdendo a fé de que poderá criar uma equipe que tornaria seu filho campeão mundial? Poderia a equipe ser vendida caso Stroll perca a fé na F1?

É difícil de prever isso agora, mas esse também ser o rumor que foi pego no México, que pode ser também apenas isso: um rumor. Não seria a primeira vez que uma fofoca se espalha pelo paddock e as mídias sociais antes de dar em nada.

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23, Max Verstappen, Red Bull Racing RB19

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23, Max Verstappen, Red Bull Racing RB19

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #254 – O que esperar do GP de São Paulo, em Interlagos?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Hamilton joga responsabilidade de vice sobre Pérez: “tem o carro campeão da temporada”
Próximo artigo Hamilton teria influenciado Mercedes para saída de diretor técnico, insinua repórter da F1; entenda

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil