ANÁLISE F1: Com futuros de Verstappen e Pérez em xeque, Red Bull detém 'rédeas' do mercado de pilotos de 2025

Três pilotos (Sainz, Verstappen e Alonso) por três vagas: veremos realmente mudanças entre Red Bull, Mercedes e Aston Martin? A única certeza no momento é a vaga deixada por Hamilton...

Red Bull Racing Team Principal Christian Horner, Max Verstappen, Red Bull Racing, Red Bull Racing, Red Bull Racing Team Consultant Dr Helmut Marko

Red Bull Content Pool

Os últimos meses confirmaram que nenhum casamento na Fórmula 1 é à prova de divórcio. Diante das reviravoltas com o acordo Lewis Hamilton - Ferrari e o risco repentino da demissão de Christian Horner, tudo parece ser possível, em uma lista que inclui a ida de Max Verstappen para a Mercedes, a chegada de Fernando Alonso na Red Bull (talvez com Carlos Sainz ao lado) e mais.

Fala-se muito, e é verdade, que os times dos pilotos e os chefes de equipe estão empenhados em ler o contexto atual antes dos rivais, mas isso é algo normal. Todos os chefes falam com todos os pilotos sobre o futuro. Muitos acordos são esperados para os próximos meses, considerando que apenas sete estão garantidos no grid de 2025, mas não é certo que veremos o terremoto previsto pelos rumores.

Leia também:

Neste momento, é a Red Bull quem estagna o mercado, e não poderia ser de outra forma, visto o momento que eles atravessam. Em Melbourne, a calma parece ter voltado, com um interesse menor da mídia, mas os rumores sobre Verstappen seguem. É fato que a Mercedes espera poder contar com o holandês, com Toto Wolff dizendo recentemente que o casamento "é só uma questão de tempo, mais cedo ou mais tarde vai acontecer".

O sorriso de Toto Wolff: equipe espera contratar Verstappen

O sorriso de Toto Wolff: equipe espera contratar Verstappen

Foto de: Shameem Fahath

No entanto, Wolff sabe que trocar hoje a Red Bull pela Mercedes seria uma escolha arriscada para 2025 e cheia de incógnitas pensando em 2026. Para convencer um piloto a abandonar uma equipe dominante, o caminho não é fácil. Caberá aqui a Horner convencer Verstappen que ele teria mais a perder do que ganhar.

O apoio garantido a Horner pelo acionista majoritário do Grupo Red Bull, Chalerm Yoovidhya, tornou desnecessário para a comitiva de Verstappen tentar destituir o atual chefe de equpe. Se Max quiser continuar lá, fará com Horner à frente das operações.

Agora, resta ver se Verstappen fará disso um motivo de orgulho ou se dará prioridade à sua carreira e à potencial possibilidade de alcançar o pentacampeonato em 2025.

Sergio Perez, Red Bull Racing RB20

Sergio Perez, Red Bull Racing RB20

Foto di: Red Bull Content Pool

Se a saída de Verstappen é improvável, o futuro de Sergio Pérez também é motivo de interrogação. Sua posição não é das mais estáveis, mas o começo de temporada parece funcionar a seu favor, com dois segundos lugares em 3 GPs.

É isso que a Red Bull pede dele, e se o desempenho ficar estável até o meio do ano, Pérez pode ser mantido. Não há tensões entre os dois pilotos há mais de um ano, as metas de 2023 foram cumpridas e, se a tendência se confirmar em 2024, não há motivos para correr o risco de uma mudança. Após os últimos meses, hoje a tranquilidade é vista como uma grande mais-valia.

Porém, houve contatos entre Horner e os representantes de outros pilotos com o objetivo de não ser pego desprevenido em caso de necessidade. Alonso parece priorizar uma renovação com a Aston Martin, mas, obviamente, também explora Red Bull e Mercedes.

Fernando Alonso: qual será seu futuro?

Fernando Alonso: qual será seu futuro?

Para Fernando, o cenário dos sonhos seria uma ida à Red Bull sem Verstappen. Mas com a continuidade do holandês, pilotar o melhor carro do grid perde seu apelo. A chance de ver Alonso na Mercedes hoje parece menos provável, com as garantias técnicas não sendo melhores que as da Aston Martin, onde ele está bem aclimatado. Além disso, dificilmente Alonso receberia de Wolff um salário maior do que o de hoje.

Carlos Sainz, Ferrari

Carlos Sainz, Ferrari

Foto di: Ferrari

O time de Sainz também é bem atuante. A vitória na Austrália veio no momento ideal para elevar sua posição no mercado, e as chances parecem ser outras. Uma mudança para a Red Bull, mesmo que ao lado de Verstappen, seria muito bem-vinda, mas envolve uma espera (a que a Red Bull deu a Pérez), que não vai bem com as necessidades do espanhol, que quer resolver seu futuro logo.

As chances na Aston Martin estão ligadas a uma possível saída de Alonso, uma opção que hoje parece improvável, mas não impossível, enquanto há silêncio sobre o potencial interesse duplo da Mercedes. Há sempre a Audi à espreita, mas apesar das várias certezas (posição, salário, contrato), há outras muitas incógnitas a serem consideradas no lado técnico.

MERECIDA ou RIDÍCULA? Alonso gerou PERIGO em manobra contra Russell que gerou punição? Veja DEBATE

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #275 – Sainz e Ricciardo deram passos definitivos em suas carreiras na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Williams atualiza situação do reparo do chassi de Albon para o GP do Japão
Próximo artigo F1: Laurent Mekies diz que equipe precisa dar a Ricciardo um carro "com o qual ele se sinta mais confortável"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil