Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Análise: saiba como será a asa traseira que a Ferrari vai utilizar no GP da Espanha

Equipe italiana aproveitou dia de filmagem em Monza para testar algumas configurações aerodinâmicas. Nas ilustrações de Giorgio Piola é possível ver a asa traseira que será usada para GP da Espanha

Análise: saiba como será a asa traseira que a Ferrari vai utilizar no GP da Espanha
Carregar reprodutor de áudio

O dia de filmagem da Ferrari em Monza serviu para além de satisfazer as necessidades comerciais dos patrocinadores que apoiam a equipe de Fórmula 1, também para dar algumas respostas aos técnicos da escuderia.

Charles Leclerc esteve em 17 voltas autorizadas pela FIA, alternando o número #16 com o #55 de seu companheiro de equipe, Carlos Sainz, e trocando o capacete quando necessário.

A oportunidade de filmar sem o patrocinador Kaspersky, que desapareceu do F1-75 após as sanções que foram aplicadas após a invasão da Ucrânia pela Rússia, permitiu que a Ferrari aproveitasse a oportunidade para realizar alguns testes em vista do GP da Espanha, agendado para o próximo fim de semana em Barcelona, ​​​​mas não só isso.

Charles Leclerc, Ferrari F1-75, durante o dia de filmagem em Monza

Charles Leclerc, Ferrari F1-75, durante o dia de filmagem em Monza

Monza é como um 'túnel de vento ao ar livre', ideal para verificar algumas configurações aerodinâmicas e várias foram testadas, com percursos muito curtos realizados, em velocidade constante nas retas apenas para comparar os dados do túnel de vento e sistemas de simulação.

Em suma, uma abordagem muito científica em uma mistura bem elaborada de imagens de vídeo e soluções técnicas que aconselharam os responsáveis de Monza a bloquear a pista com controles em cada acesso de uma segurança exagerada para um dia de filmagem.

Charles Leclerc, Ferrari F1-75, durante o dia de filmagem em Monza

Charles Leclerc, Ferrari F1-75, durante o dia de filmagem em Monza

Photo by: Ferrari

Em Barcelona, ​​​​a Ferrari trará um importante pacote de atualizações com o qual a escuderia planeja alcançar a Red Bull, que levou a melhor nas duas últimas corridas (Ímola e Miami), mostrando vantagem estimada em dois décimos de segundo, medida pelo próprio Mattia Binotto, chefe da equipe.

A oportunidade serviu para avaliar algumas soluções: teria surgido a asa traseira de baixo downforce, que em Miami não foi vista, devido à aderência do asfalto definitivamente menor do que aquela que havia sido fornecida para as simulações e que será útil no Canadá, mas, acima de tudo, vimos a asa traseira de alto downforce, que entrará em cena em Barcelona.

Comparação entre as asas traseiras da Ferrari F1-75: acima, a de Miami e abaixo, de Barcelona

Comparação entre as asas traseiras da Ferrari F1-75: acima, a de Miami e abaixo, de Barcelona

Photo by: Giorgio Piola

No desenho de Giorgio Piola é possível ver as diferenças com a asa traseira que foi usada no GP de Miami.

O perfil principal possui uma colher mais profunda na parte central, ao passo que possui um desenho diferente e mais perfilado em direção às anteparas laterais, em busca de uma maior força vertical, sem exagerar na penetração do ar e, portanto, na eficiência.

O flap móvel é caracterizado por uma corda maior e uma concavidade mais evidente que será particularmente útil no terceiro setor da pista de Montmelò, em que o F1-75 deve fazer a diferença em relação à Red Bull.

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #177 - Red Bull 'roubou' status de favorita ao título da Ferrari?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
GP da Espanha de F1: Horários e como assistir a etapa de Barcelona, com F2, F3 e W Series
Artigo anterior

GP da Espanha de F1: Horários e como assistir a etapa de Barcelona, com F2, F3 e W Series

Próximo artigo

RETA FINAL: Guerra de atualizações de Red Bull e Ferrari tem novo capítulo na Espanha

RETA FINAL: Guerra de atualizações de Red Bull e Ferrari tem novo capítulo na Espanha