Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
28 dias
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
42 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
84 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
91 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
105 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
112 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
126 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
140 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
147 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
161 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
175 dias
Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Análise técnica: o que as asas dianteiras dizem sobre as equipes da F1 em 2020

compartilhar
comentários
Análise técnica: o que as asas dianteiras dizem sobre as equipes da F1 em 2020
Por:
, Especialista
Co-autor: Matt Somerfield
6 de mai de 2020 17:44

Um novo pacote de regras introduzido no ano passado levou a uma seleção diversa de asas dianteiras; analisamos as lições vistas

Mudanças radicais no regulamento geralmente levam ao elemento da divergência, já que cada equipe acaba indo para sua própria direção, especialmente na Fórmula 1. Mas, com o passar do tempo, começamos a ver uma certa convergência, com todas indo atrás de desenvolver soluções similares à que teve a melhor performance.

Graças às ilustrações de Giorgio Piola, pudemos entender um pouco como que as equipe adaptaram não apenas suas asas dianteiras, mas também os bicos, recuperando parte da downforce e reduzindo o arrasto criado naturalmente com a introdução do novo regulamento.

Leia também:

Haas

Haas VF-19 front wing detail

Haas VF-19 front wing detail

Photo by: Giorgio Piola

Esta ilustração mostra como as asas de 2019 se comparam com suas antecessoras, pois as mudanças no regulamento proibiam os elementos da cascata superior e simplificaram a própria asa, permitindo apenas cinco elementos.

Obviamente, isso levou as equipes a procurar maneiras de recuperar o downforce e o condicionamento de fluxo que existia antes. No caso da Haas, ela optou por uma solução sem carga, na qual as abas foram curvadas para baixo, para encontrar a placa final, na tentativa de direcionar mais fluxo de ar através e ao redor do pneu dianteiro para ajudar a lidar com a turbulência criada.

Haas F1 Team VF-19 and Ferrari SF90 front wing detail comparison

Haas F1 Team VF-19 and Ferrari SF90 front wing detail comparison

Photo by: Giorgio Piola

Uma atualização feita mais tarde na temporada levou a Haas a seguir uma tendência onde o canto superior da placa final foi cortado, suavizando a área.

Alfa Romeo

Alfa Romeo Racing C38 front wing detail

Alfa Romeo Racing C38 front wing detail

Photo by: Giorgio Piola

A direção escolhida pela Alfa Romeo para sua asa dianteira foi uma das mais agressivas do grid de 2019, por ter escolhido também um modelo "descarregado".

A separação da seção da aba interna de geração de downforce contrasta fortemente com a parte externa da asa, dando uma aparência mais desajeitada do que alguns de seus rivais com melhor condição financeira.

Alfa Romeo C38 endplate design, Austrian Grand Prix
Alfa Romeo C38 endplate design, German Grand Prix

Durante a temporada, a Alfa concentrou seus esforço no design da plataforma, com a versão padrão (à esquerda) vista no GP da Áustria, sem as estrias, que seriam adicionadas na parte inferior para o GP da Grã-Bretanha, e depois alterada novamente para o GP da Alemanha.

Alfa Romeo Racing C38, front wing and nose
Alfa Romeo C38, front wing

Ajudando a asa dianteira em seu papel de gerar downforce e condicionador de fluxo de ar, o bico também se tornou um fator importante para as equipes.

Nesse sentido, a solução de capa, apresentada pela primeira vez pela Mercedes em 2017, se tornou algo quase onipresente, já que as equipes a usam como uma maneira de não apenas condicionar o fluxo de ar ao redor, mas também para complementar o downforce.

A Alfa apresentou sua capa no GP da Grã-Bretanha (à esquerda) e seguiu para o final da temporada com ajustes apresentados no GP de Cingapura (à direita).

Alfa Romeo Racing C39 front wing nose
Alfa Romeo Racing C39 front nose

A Alfa Romeo modificou sua asa dianteira em 2020, suavizando as abas para que elas não tenham mais uma seção interna e externa separadas. Em vez disso, há uma transição mais estilizada, vista em outro lugar da área.

Também mudou a ponta do bico para incluir uma versão estilizada do símbolo clássico da Alfa Romeo, em vez da forma retangular mais simples usada na última temporada.

GALERIA: A breve mas importante história da Alfa Romeo na F1

Galeria
Lista

1950: Equipe Alfa Romeo S.p.A - Carro 158

1950: Equipe Alfa Romeo S.p.A - Carro 158
1/12

Foto de: LAT Images

Pilotos: Giuseppe Farina (campeão), Juan Manuel Fangio, Luigi Fagioli, Reg Parnell, Piero Taruffi, Consalvo Sanesi

1951: Equipe Alfa Romeo S.p.A - Carro 159

1951: Equipe Alfa Romeo S.p.A - Carro 159
2/12

Foto de: LAT Images

Pilotos: Juan Manuel Fangio (campeão), Giuseppe Farina, Luigi Fagioli, Felice Bonetto, Toulo de Graffenried, Consalvo Sanesi e Paul Pietsch

1979: Equipe Autodelta - Carro Alfa Romeo 177

1979: Equipe Autodelta - Carro Alfa Romeo 177
3/12

Foto de: LAT Images

Pilotos: Bruno Giacomelli e Vittorio Brambilla

1980: Equipe Marlboro Team Alfa Romeo - Carro 179

1980: Equipe Marlboro Team Alfa Romeo - Carro 179
4/12

Foto de: LAT Images

Pilotos: Patrick Depailler, Vittorio Brambilla, Andrea de Cesaris e Bruno Giacomelli

1981: Equipe Marlboro Team Alfa Romeo - Carros 179B, 179C e 179D

1981: Equipe Marlboro Team Alfa Romeo - Carros 179B, 179C e 179D
5/12

Foto de: LAT Images

Pilotos: Mario Andretti e Bruno Giacomelli

1982: Equipe Marlboro Team Alfa Romeo - Carros 179D e 182

1982: Equipe Marlboro Team Alfa Romeo - Carros 179D e 182
6/12

Foto de: LAT Images

Pilotos: Andrea de Cesaris e Bruno Giacomelli

1983: Equipe Marlboro Team Alfa Romeo - Carro 183T

1983: Equipe Marlboro Team Alfa Romeo - Carro 183T
7/12

Foto de: LAT Images

Pilotos: Mauro Baldi e Andrea de Cesaris

1984: Equipe Benetton Team Alfa Romeo - Carro 184T

1984: Equipe Benetton Team Alfa Romeo - Carro 184T
8/12

Foto de: LAT Images

Pilotos: Riccardo Patrese e Eddie Cheever

1985: Equipe Benetton Team Alfa Romeo - Carros 184TB e 185T

1985: Equipe Benetton Team Alfa Romeo - Carros 184TB e 185T
9/12

Foto de: LAT Images

Pilotos: Riccardo Patrese e Eddie Chever

2018: Equipe Alfa Romeo Sauber F1 Team - Carro C37

2018: Equipe Alfa Romeo Sauber F1 Team - Carro C37
10/12

Foto de: Jerry Andre / Motorsport Images

Pilotos: Charles Leclerc e Marcus Ericsson

2019: Alfa Romeo Racing - Carro C38

2019: Alfa Romeo Racing - Carro C38
11/12

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Pilotos: Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi

2019: Equipe Alfa Romeo Racing - Carro C39

2019: Equipe Alfa Romeo Racing - Carro C39
12/12

Foto de: Alfa Romeo

Pilotos: Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi

VÍDEO: Quais são os maiores pilotos da história da McLaren na F1?

PODCAST: Os cinco maiores mitos e verdades da F1

 

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Próximo artigo
Kvyat diz que teste com carro da Ferrari o fez querer “voltar a todo custo”

Artigo anterior

Kvyat diz que teste com carro da Ferrari o fez querer “voltar a todo custo”

Próximo artigo

GP de Mônaco de 1982: Relembre a prova com final mais louco da F1

GP de Mônaco de 1982: Relembre a prova com final mais louco da F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Giorgio Piola