Fórmula 1
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
6 dias

Após retornar ao pódio da F1, Honda se diz “mais relaxada”

compartilhar
comentários
Após retornar ao pódio da F1, Honda se diz “mais relaxada”
Por:
18 de mar de 2019 12:37

Fábrica comemora grande resultado em início de parceria com a Red Bull, mas ainda se vê com trabalho a fazer para chegar na Mercedes e na Ferrari

A Honda revelou tranquilidade após conseguir seu primeiro pódio na Fórmula 1 em 11 anos em sua primeira tentativa com a Red Bull no último domingo, mas ainda vê uma lacuna de desempenho "clara" para reduzir.

Perguntado se achava importante conseguir esse resultado no início do relacionamento com a Red Bull, o diretor técnico da Honda F1, Toyoharu Tanabe, disse ao Motorsport.com: "acho que sim, estamos um pouco mais relaxados com a pressão”.

Leia também:

"E também é outra motivação para o desenvolvimento. É um bom resultado."

Verstappen passou na pista a Ferrari de Sebastian Vettel para terminar em terceiro lugar, e pressionou a Mercedes de Lewis Hamilton nos momentos finais.

Tanabe admitiu que “ver isso na TV foi bom", mas enfatizou que a Honda deve continuar a melhorar, uma vez que Ferrari e Mercedes ainda mantêm uma vantagem no desempenho do motor.

Valtteri Bottas, vencedor da corrida pela Mercedes, terminou mais de 20 segundos à frente de Verstappen.

"Temos alguns dados dos testes de Barcelona e temos algo a partir daqui”, continuou Tanabe.

"Vimos novamente uma desvantagem clara entre as principais equipes. O pódio não traz nenhuma mudança nas metas ou expectativas."

Todos os quatro carros de motor Honda chegaram ao final da corrida de abertura da temporada, com Daniil Kvyat marcando um ponto para a Toro Rosso em 10º.

O resultado da Red Bull incluiu a derrota das Ferraris por quase meio minuto, mas Tanabe é cauteloso.

"Precisamos pensar sobre o desempenho da Ferrari depois do teste de Barcelona, onde eles foram fortes", disse ele.

"Nesta pista fomos mais velozes que a Ferrari. Não sabemos quando voltaremos a Barcelona se a Ferrari ainda estará forte lá. É uma combinação das características do carro, do piloto e das características da pista.”

"Não é fácil dizer onde está nosso desempenho agora. Fomos para um lugar diferente, talvez estejamos em uma posição diferente.”

"Mas no geral, o resultado e o ritmo da corrida foram encorajadores."

Próximo artigo
GP da Austrália 2019 de F1 tem uma ultrapassagem a menos que prova de 2018

Artigo anterior

GP da Austrália 2019 de F1 tem uma ultrapassagem a menos que prova de 2018

Próximo artigo

Williams é único time da F1 a não bater tempo de classificação feito em 2018

Williams é único time da F1 a não bater tempo de classificação feito em 2018
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Equipes Red Bull Racing Compre Agora
Autor Scott Mitchell