Após títulos, Hamilton cita Schumacher e destaca influência dos pilotos no desenvolvimento do carro

compartilhar
comentários
Após títulos, Hamilton cita Schumacher e destaca influência dos pilotos no desenvolvimento do carro
Por:
, NobleF1

Lewis também comentou que no começo da carreira não "entendia totalmente" o papel de um piloto como Michael na evolução da equipe

Lewis Hamilton disse que só conseguiu entender a influência que os campeões da Fórmula 1 como Michael Schumacher têm em evoluir seus carros quando chegou à Mercedes.

O piloto inglês acabou de igualar Schumi sendo heptacampeão mundial e também detém os recordes de mais vitórias em GPs e o maior número de poles na história da F1.

Leia também:

Mas enquanto sua última conquista ainda não silenciou aqueles que sugerem que ele só vence porque tem o melhor carro, Hamilton disse que mesmo ele não compreendia totalmente a importância dos pilotos no desenvolvimento do carro até substituir Schumacher na Mercedes.

Hamilton afirmou que desde que virou multicampeão pela Mercedes, abriu seus olhos para o papel que seu antecessor Schumacher desempenhou na equipe - e salientou que é algo que quem vê de fora do esporte não percebe.

“Em termos de ajudar a desenvolver o carro, isso é algo que acho que os pilotos - e conforme estou me aproximando de onde Michael estava - eu nunca entendi totalmente”, disse Hamilton.

“É difícil para quem está começando na F1, para jovens pilotos, entenderem totalmente o que Michael fez, o que estou fazendo nesta equipe."

“Eles verão apenas que temos um bom carro, que Michael tinha um bom carro, mas agora que estou aqui entendo o que Michael fez com a equipe, ou talvez o que ele poderia ter feito com esta equipe, tenho certeza de que é semelhante ao que tive de fazer."

Lewis Hamilton levanta capacete usado por Schumacher em 2012

Lewis Hamilton levanta capacete usado por Schumacher em 2012

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

“Sabe, você tem que ser o leme. Você tem esse grupo poderoso de pessoas inteligentes e apaixonadas e, é claro, tem o chefe da equipe que é o leme principal."

“Mas em termos de desenvolvimento, como fazer o carro chegar mais longe e ajustá-lo às características dos pilotos, esse é o meu trabalho e eu diria que estou muito orgulhoso disso. Infelizmente, as pessoas não conseguem ver tudo isso em segundo plano.”

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

EXCLUSIVO: Entenda como Racing Point deixou de ser apenas a ‘Mercedes rosa’

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

 

CEO da Fórmula 1 traça como meta ter calendário com 24 GPs nos próximos anos

Artigo anterior

CEO da Fórmula 1 traça como meta ter calendário com 24 GPs nos próximos anos

Próximo artigo

Confederação italiana quer Ímola no calendário de 2021 da F1 na vaga deixada pelo Vietnã

Confederação italiana quer Ímola no calendário de 2021 da F1 na vaga deixada pelo Vietnã
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble