Análise

Asa da Mercedes, teto de gastos e mais: o que ainda está em jogo na F1 2022, a partir do GP dos Estados Unidos

Motorsport.com destaca aspectos importantes para se observar no restante do campeonato

Pole man Charles Leclerc, Ferrari, Sergio Perez, Red Bull Racing, in Parc Ferme after Qualifying

Com o campeonato de pilotos definido após a conquista do segundo título mundial por parte do holandês Max Verstappen, o restante da temporada 2022 da Fórmula 1 pode parecer pouco importante, mas a realidade é diametralmente contrária.

O editor recomenda:

A começar pela polêmica envolvendo a Red Bull: a equipe anglo-austríaca extrapolou o teto de gastos de 2021 e agora é alvo da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), que estuda como punir o time taurino.

De todo modo, não é apenas o lobby pela punição à escuderia de Milton Keynes, liderado pela Mercedes, que chama atenção nos quatro GPs restantes, a começar pelos Estados Unidos. As próprias Flechas de Prata, aliás, estão sob escrutínio em Austin, como mostra o Motorsport.com:

Asa da Mercedes sub judice no Circuito das Américas

Lewis Hamilton, Mercedes AMG

Lewis Hamilton, Mercedes AMG

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Como parte de seu último pacote de atualizações para 2022, a equipe alemã levou uma nova asa dianteira para o Texas, mas a peça não foi homologada pela FIA. Caso utilize a peça nos Estados Unidos, o time dos britânicos Lewis Hamilton e George Russell pode entrar na mira da entidade.

Red Bull vs FIA por causa do teto de gastos

FIA logo

FIA logo

Photo by: Daniel James Smith

Os desdobramentos do caso serão determinantes, com a própria Mercedes, além de outras escuderias, ameaçando estourar o limite de custos nos próximos anos caso o órgão não puna severamente a Red Bull. A equipe taurina, porém, deve encaminhar um acordo com a FIA. 

Título de construtores: quando a RBR vai levantar a taça?

Adrian Newey, Chief Technology Officer, Red Bull Racing, Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing, Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, Sergio Perez, Red Bull Racing, 2nd position, the Red Bull team celebrate World Championship victory

Adrian Newey, Chief Technology Officer, Red Bull Racing, Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing, Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, Sergio Perez, Red Bull Racing, 2nd position, the Red Bull team celebrate World Championship victory

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Apesar do título de Verstappen em 2021, o time de energéticos perdeu para a Mercedes na disputa de construtores. Em 2022, porém, a conquista já está praticamente selada (veja a matemática neste link). Será a quinta taça da Red Bull entre as equipes da F1, após o tetra entre 2010 e 2013.

Pérez vs Leclerc pelo vice-campeonato

A briga entre o mexicano da Red Bull e o monegasco da Ferrrari está ferrenha, com poucos pontos separando os pilotos e apenas quatro corridas pela frente -- após Austin, México, Brasil e Abu Dhabi. No Texas, porém, Pérez terá penalidade de cinco posições no grid por trocar seu motor.

Recorde na mira de Verstappen

O holandês está a apenas um triunfo de igualar o recorde de mais vitórias em uma temporada da F1, marca atualmente compartilhada pelos alemães Michael Schumacher (2004) e Sebastian Vettel (2013), que subiram 13 vezes no lugar mais alto do pódio com Ferrari e Red Bull, respectivamente.

ABSURDO MAIOR AINDA? Albon REVELA que Vettel alertou FIA sobre trator na pista

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com #200 - F1 virá 'vidraça': é preciso um 'choque de realidade'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 nos Estados Unidos: Leclerc lidera TL2 de 1h30 marcado por testes da Pirelli
Próximo artigo F1: Após estreia sólida em Austin, Sargeant se aproxima de vaga na Williams para 2023

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil