Barcelona e Madri 'brigam' para sediar o GP da Espanha de F1; entenda

De acordo com o jornal espanhol El Mundo, o novo palco do GP da Espanha será em Madri; F1 ainda não divulgou de forma oficial

Ifema, sede del GP de Madrid de F1

As conversas sobre a eventual mudança do GP da Espanha de Fórmula 1 de Barcelona para Madri começaram há mais de um ano e houve muitos relatos sobre isso. Mas era apenas um plano e era preciso muito esforço para realiza-lo e também não estava claro quando a corrida aconteceria, até então.

Leia também:

Stefano Domenicali, CEO da F1, enfatizou inicialmente dois pontos: que o acordo com Barcelona era válido até 2026 e que a organização de duas corridas na Espanha era improvável. No entanto, de acordo com o renomado jornalista britânico Joe Saward e com o jornal espanhol El Mundo em breve será anunciado que Madri sediará o GP da Espanha a partir de 2026.

Vários relatos também começaram a aparecer na imprensa espanhola e os rumores são de que Madri sediará a corrida depois de 2026. De acordo com a mídia, o contrato será de 10 anos e a corrida na capital espanhola será realizada em um circuito de rua semipermanente ao redor do centro de exposições IFEMA.

Esse circuito fica próximo ao Aeroporto Internacional de Barajas, que leva o nome de Adolfo Suarez. A corrida será financiada pelo setor privado, mas com o apoio das autoridades municipais e regionais. A última vez que Madri sediou a F1 foi nove vezes, entre 1968 e 1981.

The Spanish flag flies over the grid

Foto: Mark Sutton / Motorsport Images

A bandeira espanhola sobrevoa o grid

Mesmo com todos os indícios de uma possível mudança de praça para Madri, nos bastidores a situação é um pouco mais complicada. De acordo com fontes do Motorsport.com na Formula One Management, não há nenhum anúncio iminente em relação à corrida para ser feito. Contudo, as conversas realmente estão avançadas e um desfecho pode ser chegado em algumas semanas. 

A FOM ainda suspeita que a confirmação está sendo publicada, sem de fato ter acontecido, como uma forma de Madri tentar acelerar as coisas e evitar que Barcelona consiga uma renovação. O GP da Espanha (no atual local) tem contrato com a F1 até 2026.

FRENTE A FRENTE COM WOLFF: Bastidores da entrevista exclusiva com chefe da Mercedes no GP do Brasil!

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Conheça ex-atleta olímpico que vendeu empresa a Eike Batista e ‘salvou’ F1 no Brasil
Próximo artigo F1 confirma Interlagos e as adições de Miami e China nas corridas sprints de 2024; veja calendário

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil