Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
52 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
59 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
73 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
87 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
101 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
108 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
136 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
143 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
178 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
220 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
241 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
248 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
276 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
283 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
311 dias

Bottas acredita em reação da Mercedes na Alemanha

compartilhar
comentários
Bottas acredita em reação da Mercedes na Alemanha
Por:
Traduzido por: Daniel Betting
26 de jul de 2019 21:30

Finlandês diz que a Mercedes teria muito trabalho para correr no calor da sexta-feira na Alemanha, se não tivesse introduzido atualização para melhorar seu resfriamento

Desde o GP da Áustria, a Mercedes trabalha duro em uma série de desenvolvimentos para melhorar o resfriamento de seu carro.

O momento da introdução das novas peças não poderia ter sido mais importante, com a Alemanha recebendo o peso total da onda de calor que se espalhou por toda a Europa, com as temperaturas se aproximando dos 40°C.

Perguntado sobre o quanto as atualizações ajudaram, Bottas disse: "Acho que fizemos progressos. Acho que com o pacote que tivemos na Áustria, teríamos lutado maciçamente para correr.”

Leia também:

"Mas agora podemos completar algumas boas corridas e vai ficar muito melhor no sábado e no domingo com as temperaturas, então é bom ver que conseguimos melhorar isso."

O finlandês acrescentou que a experiência de pilotar no calor da Alemanha era algo que ele não havia encontrado antes em sua carreira.

"Foi extremamente quente. Não me lembro de pilotar nessas condições. Mas, de qualquer forma, é o mesmo para todos.”

"Isso torna mais complicado para os pilotos, carros e pneus, muito superaquecimento, especialmente no setor três, com as combinações de curvas.”

"Isso se torna tão sensível. Você desliza um pouco mais e pega dez graus de temperatura extra e você pode perder alguns décimos. Então, é bem sensível."

Com temperaturas mais baixas esperadas para o restante do final de semana, e com possibilidade de chuva, Bottas diz que há pouco a se tirar das sextas-feiras.

"Vai ser completamente diferente, e pode ter chuva no caminho e no domingo. É um dia em que precisamos ser muito reativos e dinâmicos com o clima e com a configuração do carro".

Seu companheiro de equipe Lewis Hamilton acrescentou: "Eu não sinto que aprendemos muito hoje. Foi tão quente, e se está mais frio ou não está seco nada de hoje se aplica [pelo resto do fim de semana]. Os pneus voltarão para nós e todos serão mais rápidos e mais confortáveis, mas esperamos e vemos."

Próximo artigo
Leclerc destaca dia positivo, mas acha que Mercedes escondeu o jogo

Artigo anterior

Leclerc destaca dia positivo, mas acha que Mercedes escondeu o jogo

Próximo artigo

Leclerc supera Verstappen e lidera último treino livre na Alemanha

Leclerc supera Verstappen e lidera último treino livre na Alemanha
Carregar comentários