Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
49 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
56 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
70 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
84 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
98 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
105 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
119 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
133 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
140 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
154 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
161 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
175 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
189 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
217 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
224 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
238 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
245 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
259 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
273 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
280 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
294 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
308 dias

Brundle: as coisas não estavam certas na Ferrari com Arrivabene

compartilhar
comentários
Brundle: as coisas não estavam certas na Ferrari com Arrivabene
Por:
11 de jan de 2019 09:30

Ex-piloto da Fórmula 1 concordou com saída do ex-chefe da escuderia italiana

Sebastian Vettel e Ferrari brigaram pelo campeonato mundial de 2018, mas foram derrotados novamente por Lewis Hamilton e Mercedes, depois de uma série de erros.

Maurizio Arrivabene deixou o cargo de chefe da equipe no início desta semana, com o diretor técnico da Ferrari, Mattia Binotto, ocupando seu lugar.

Falando no Autosport International Show de 2019, o ex-piloto Martin Brundle disse que não gostava de direcionar para algo "pessoal" em sua avaliação porque "você não sabe de tudo se não está dentro da organização".

"Mas observei e vi que as coisas não estavam certas", disse Brundle.

“Você olha para situações como Hockenheim, onde Vettel foi pressionado por não fazer as coisas certas no início da corrida.”

“Então ele saiu da pista e saiu do campeonato a partir daquele momento.”

“Você olha para outras coisas, como em Monza, quando Vettel não conseguiu sair na frente sobre Kimi Raikkonen, porque a Ferrari não teve uma ordem de equipe.”

"Certas coisas não estavam sendo feitas."

Arrivabene tem sido criticado pela forma como ele lidou com a mídia no segundo semestre de 2018, particularmente após a morte do presidente e CEO da Ferrari, Sergio Marchionne.

Brundle disse que Binotto, que trabalhará com John Elkann (presidente) e Louis Camilleri (CEO), precisaria se adaptar a tais desafios em sua nova função.”

"Eu acho que Mattia Binotto tem uma reputação muito boa em desenvolver a equipe tecnicamente, ele é claramente um líder", disse Brundle.

“Mas é claro que agora ele é o para-raio. Ele tem que estar na frente, ele tem que falar com pessoas desagradáveis e horríveis como eu na mídia de Fórmula 1.”

"Ele tem que estar lá e explicar por que as coisas correram bem, porque as coisas não correram tão bem. É um trabalho diferente e um desafio diferente.”

 

Próximo artigo
F1 cria simulador de ultrapassagens para projetar circuitos

Artigo anterior

F1 cria simulador de ultrapassagens para projetar circuitos

Próximo artigo

Regras de 2019 da F1 não a transformarão, mas irão melhora-la

Regras de 2019 da F1 não a transformarão, mas irão melhora-la
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Martin Brundle
Equipes Ferrari Compre Agora
Autor Scott Mitchell