Button é contra elementos que misturam grid de largada

Britânico afirma que elementos artificiais devem ficar fora no momento de decisão do grid e que os mais rápidos têm que largar à frente

Button é contra elementos que misturam grid de largada
Jenson Button, McLaren
Jenson Button, McLaren MP4-31 and Pascal Wehrlein, Manor Racing MRT05
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H leads at the start of the race
Start action
Start action: Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07 leads
Start action: Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07 leads
Start action: Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07 leads

Elementos artificiais que misturam o grid de largada foram citados como a razão por trás da classificação por mata-mata e, ao mesmo tempo que o sistema foi abolido, a F1 continua procurando uma maneira de alterar a ordem de largada na tentativa de tornar os GPs mais emocionantes.

Jenson Button, no entanto, sugere que o campeonato deva se concentrar em outras maneiras de apimentar o show, ao invés de tentar introduzir um elemento artificial de aleatoriedade.

"A F1 nunca foi assim e isso não deveria ser assim", disse ele. "Misturam grids em outras categorias, mas na F1 não é necessário. Há outras coisas que podemos fazer para tornar o esporte melhor."

Reagindo à ideia de que com os carros mais rápidos começando na frente fosse o problema para o show, Button disse: "isso é a F1, isso é o que fazemos. É como ir a Wimbledon e o cara que foi eliminado na primeira rodada acaba indo para a final."

"É supostamente para o cara mais rápido começar na frente e os mais lentos começarem na parte de trás. É a forma como o esporte tem sido nos últimos 60, 70 anos. Ele não mudou."

No entanto, o britânico disse que confia nas equipes para acharem em conjunto um formato de classificação apropriado para necessária uma mudança.

"Acho que é uma ótima ideia as equipes olharem para a classificação", disse. "Acho que eles são as pessoas certas para ver isso e mudar o formato, se for necessário. Novas ideias são sempre emocionantes, é um esporte que está sempre em movimento, a tecnologia está sempre em mudando e eu acho que é ótimo tentar coisas novas."

"O importante é que se tentarmos alguma coisa e ele não funcionar, precisamos voltar ao trabalho."

Grandes diferenças

Button também colocou que a percepção de falta de espetáculo nas corridas não decorrem dos carros mais rápidos da frente, mas sim de carros que são muito mais rápidos do que o resto do grid.

"Acho que não é culpa da Mercedes, é culpa de todos os outros não estão fazendo um bom trabalho", disse o britânico.

"Assisti a classificação do GP do Brasil de 2003 e em 1 segundo, eu acho, cobriu os 15 melhores, cinco décimos para o top 10. E estamos tão longe disso no momento."

"É uma pena, porque você olha para os carros e todos eles têm a mesma aparência, por isso é surpreendente que há essa diferença de tempo de volta."

Entrevistado por Adam Cooper

compartilhar
comentários
Massa exalta união de pilotos em encontro

Artigo anterior

Massa exalta união de pilotos em encontro

Próximo artigo

Rosberg é o mais rápido e Massa tem pneu furado duas vezes

Rosberg é o mais rápido e Massa tem pneu furado duas vezes
Carregar comentários