Felipe Massa
Assunto

Felipe Massa

Coluna do Massa: "Verstappen une estrela com talento"

compartilhar
comentários
Coluna do Massa: "Verstappen une estrela com talento"
Por:
18 de mai de 2016 11:35

Brasileiro fala como foi o fim de semana no GP da Espanha, sobre o acidente das duas Mercedes, de Max Verstappen e do que espera do GP de Mônaco, a próxima etapa da F1

Felipe Massa, Williams FW37
Felipe Massa, Williams FW38
Felipe Massa, Williams FW38
Felipe Massa, Williams FW38 at the start of the race
Race winner Max Verstappen, Red Bull Racing RB12 celebrates at the end of the race
Race winner Max Verstappen, Red Bull Racing RB12 celebrates at the end of the race
Race winner Max Verstappen, Red Bull Racing celebrates with the fans
Race winner Max Verstappen, Red Bull Racing celebrates on the podium
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid on the formation lap
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid leads team mate Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid at the start of the race
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 on the grid
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1
Start of the race, Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team and Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 Team
Felipe Massa, Williams FW38, leads Romain Grosjean, Haas VF-16
Felipe Massa, Williams FW38, arrives on the grid
Felipe Massa, Williams F1 Team
Felipe Massa, Williams F1 Team and Nico Hulkenberg, Sahara Force India

Embora tenha conseguido ganhar mais alguns pontos, o que é útil para o meu campeonato, o fim de semana em Barcelona foi muito mais difícil do que eu esperava. Para complicar, no treino de classificação as coisas não correram como esperávamos na Williams Martini Racing.

Eu tinha o OK para sair do pitlane alguns minutos antes do final do Q1 e ter uma volta rápida - e eu deveria ter passado facilmente para a próxima rodada. Mas havia muito tráfego, tanto na Curva 3 e na Curva 7, e perdi quatro décimos de segundo. Acabei voltando para os boxes e não houve tempo suficiente para ter uma segunda tentativa de melhorar.

Mas meus rivais que foram mais cedo tiveram a oportunidade de usar um segundo jogo de pneus o que lhes permitiu melhorar seus tempos e me superar.

Acho que no futuro poderemos ir pelo menos um minuto antes, se adotarmos uma tática similar. É uma pequena quantidade de tempo, mas a possibilidade de ser capaz de utilizar um segundo conjunto de pneus faz valer a pena.

Atacando na corrida

Depois da decepção de sábado,o dia da corrida foi muito melhor. Larguei em 18° em uma pista que historicamente é muito difícil de se ultrapassar, mas mesmo antes do início tive um sentimento positivo.

Fiz uma boa largada e ultrapassei quatro carros, mas os incidentes que ocorreram entre as curvas 1 e 3 me forçaram a tomar uma linha de corrida diferente do que eu teria gostado. Tive que ser mais conservador a fim de não ver a minha corrida terminada depois de apenas algumas centenas de metros. Isso me levou de volta para o fim do pelotão.

Mas após o período do Safety Car, causado pelo acidente das Mercedes, eu estava apto para ter um bom ritmo e ultrapassar muitos dos meus rivais.

A decisão de ir para uma estratégia de três paradas provou ser um muito boa, pois isso significava que eu não poderia estar lento no tráfego, podendo explorar todo o potencial do carro.

Em Barcelona isso pode fazer muita diferença, quando se tem ar limpo e eu estou feliz que fomos capazes de mostrar o que somos capazes.

Passei vários carros, a estratégia era correta, o equilíbrio estava bom e mais uma vez tivemos pit stops rápidos. É incrível ver o progresso da equipe nesta área e ter confirmado que somos os mais rápidos na temporada até agora é incrível.

Dessa forma, um oitavo lugar no final foi um bom prêmio, depois de uma corrida em que tudo correu perfeitamente e estou feliz com o trabalho que fizemos no domingo.

O acidente das Mercedes

Tantas coisas aconteceram no GP do fim de semana que virou uma daquelas corridas que todos vão discutir, desde aqueles que frequentam o paddock até os fãs.

Me pediram a minha opinião sobre o que aconteceu entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg e é claro que posso falar com base no que vi do lado de fora.

Sabemos que Nico fez algo de errado com as configurações da sua unidade de energia, como pudemos ver a diferença de desempenho em comparação com a de Lewis, quando saíram da curva 3.

Acho que Nico, ao tentar corrigir as configurações em seu volante, entendeu que seu companheiro de equipe estava vindo de trás com mais velocidade e fechou a porta para que Lewis não passasse.

Em situações como esta, tudo pode acontecer e eu acho que, em última análise, foi apenas um incidente de corrida. Mas quando esse tipo de acidente envolve dois pilotos da mesma equipe, a controvérsia é sempre amplificada.

Acho que nós temos que lembrar que eles são dois pilotos que estão lutando pelo campeonato, por isso temos que pensar sobre todo o stress que vem junto com isso. E embora podemos falar por horas sobre o que aconteceu, quando incidentes como este ocorrem, você tem que lembrar que tudo no cockpit é decidido em uma fração de segundo.

Verstappen precisa de afirmação

Max Verstappen sempre provou ser rápido em seu caminho para a F1 e quando ele chegou aqui. Às vezes, temos visto também a exuberância de um jovem de 18 anos, que o levou a cometer alguns erros.

Mas suas performances na pista nunca foram questionadas e quando ele teve a chance de correr em um Red Bull pela primeira vez, um carro com o qual ele pode potencialmente mirar o pódio, conseguiu ganhar.

Ele definitivamente tinha uma estrela da sorte ao seu lado, porém, porque a sua estratégia provou ser melhor do que a de Daniel Ricciardo, mas ele ainda produziu uma corrida incrível. Para um menino de 18 anos chegar e vencer, algo tinha que ser predestinado.

Este é o tipo de desempenho que alguns grandes campeões do passado tem, mas por enquanto Max deve enfrentar outra fase importante de sua carreira, que é a da afirmação de que o seu desempenho na Espanha é típico do que ele pode fazer.

Por enquanto, o sucesso de Verstappen faz uma bela história para F1. Se ele fizesse três corridas em que as coisas dessem errado, ele poderia encontrar um burburinho reduzido a seu respeito. Estou disposto a apostar que isso não vai acontecer, mas no esporte as coisas podem mudar muito rapidamente.

Mônaco é Mônaco

Embora no domingo a Ferrari e a Red Bull fossem mais rápidas do que a Williams, acho que nosso carro tem melhorado.

No entanto, Mônaco será uma corrida mais difícil para nós, com base no que aconteceu nos últimos dois anos. Espero, naturalmente, que desta vez seja melhor, mas é fato que o nosso carro não está bem adequado para o tipo de pista estreita que Mónaco é.

Mas Mônaco é Mônaco e eu bem sei - já que a pista é perto de minha casa - que tudo pode acontecer lá. Espero que haja alguma variável imprevista que trabalhe em nosso favor.

Eu só quero conseguir mais pontos lá, porque depois disso virão pistas que somos melhores.

Próximo artigo
Prost vê "acidente de corrida" entre Rosberg e Hamilton

Artigo anterior

Prost vê "acidente de corrida" entre Rosberg e Hamilton

Próximo artigo

Verstappen é o mais rápido da manhã no último dia de teste

Verstappen é o mais rápido da manhã no último dia de teste
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Localização Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Felipe Massa Compre Agora
Equipes Williams
Autor Felipe Massa
Seja o primeiro a receber as últimas notícias