“Decisão errada” pode ter custado dobradinha da Mercedes no GP da Espanha

Estrategista-chefe da equipe revelou possibilidades que a Mercedes tinha para ultrapassar Max Verstappen no último final de semana

“Decisão errada” pode ter custado dobradinha da Mercedes no GP da Espanha

Líder do Mundial de Construtores em 2020, a Mercedes admitiu que tomou uma “decisão errada” na estratégia durante o GP da Espanha de Fórmula 1, o que pode ter custado a Valtteri Bottas uma chance de ultrapassar o segundo colocado da prova, Max Verstappen.

O estrategista-chefe da equipe, James Vowles, admitiu que uma janela se abriu brevemente e poderia ter permitido que Bottas pulasse à frente do piloto da Red Bull se ele parasse no box, mas a equipe não aproveitou a oportunidade e o finlandês teve que se contentar com o terceiro lugar.

Leia também:

Bottas começou a prova em segundo lugar, mas não teve uma boa largada, sendo ultrapassado por Verstappen e pela Racing Point de Lance Stroll. Ele perdeu tempo e tirou um pouco de vida de seus pneus lutando contra Stroll, antes de se concentrar em alcançar Verstappen na frente.

“Uma vez que Valtteri estava de volta ao terceiro lugar, estávamos revisando as opções e havia realmente apenas duas na mesa”, disse Vowles em um vídeo da Mercedes.

“A primeira era ir mais longe, forçar Verstappen a parar cedo, garantir que ele te cubra e depois ir muito mais longe do que ele, e ultrapassar na pista”.

“A segunda, obviamente, é um undercut (parar antes do piloto que está à frente), aquele que é mais conhecido, mas para fazer isso você precisa estar muito, muito perto do carro da frente e no primeiro stint, simplesmente não estávamos lá. Estávamos diminuindo as curvas dos pneus e não conseguimos chegar perto o suficiente de Verstappen.”

“É compreensível que Valtteri tenha tido dificuldades no trânsito para chegar até aquele ponto e perdido um pouco mais do pneu”.

“No segundo stint, houve uma oportunidade para um undercut, uma bem pequena. Apareceu por uma volta e foi isso.”

“Mas existia. Debatemos isso, foi definitivamente uma opção pela qual conversamos, mas também havia opções que sentíamos por ir mais longe e foi realmente equilibrar as duas”.

“Houve um pouco de distração devido a uma tempestade que estava ocorrendo nas proximidades e a preocupação de se isso poderia atravessar o circuito. Tudo isso combinado significou que deixamos essa oportunidade sobre a mesa e partimos para o stint longo”.

“Decisão errada, acho que tivemos a oportunidade do undercut, apenas naquela volta 39. De qualquer forma, Valtteri fez um excelente trabalho tentando se recuperar e fez um trabalho brilhante voltando ao terceiro lugar.”

Bottas pegou o pneu macio em sua segunda e última parada e a equipe tinha esperanças de que ele teria ritmo para atacar Verstappen, que havia parado sete voltas antes.

"No final da corrida, quando Verstappen pegou os pneus médios, fazia algum sentido também nos compensar no composto para ele", disse Vowles. “As temperaturas tinham baixado, a pista estava esfriando e sentimos que poderia nos dar a nossa melhor oportunidade”.

“Mas a realidade é que, tanto o médio quanto o macio pareciam que tínhamos a oportunidade de ultrapassá-lo."

“Quando o Valtteri voltou, ficamos surpresos que os tempos não estavam exatamente onde deveriam estar e o Valtteri estava tendo que proteger muito o pneu para evitar que ele superaquecesse”.

“Mais do que tínhamos previsto e, no final, o ritmo não foi forte o suficiente com aquele pneu para conseguir a ultrapassagem”.

Com Senna na ‘pole’, lista dos mais rápidos da F1 tem Prost só em 20º e ‘zebras’ polêmicas

PODCAST: O que resta para Massa no automobilismo após sair de equipe na F-E?

 

compartilhar
comentários
F1: Hamilton espera que Vettel tenha "algo positivo" em 2021

Artigo anterior

F1: Hamilton espera que Vettel tenha "algo positivo" em 2021

Próximo artigo

F1: McLaren diz que “não desistirá” de luta pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores

F1: McLaren diz que “não desistirá” de luta pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores
Carregar comentários