F1: Alonso espera que Aston tire vantagem de característica de Miami

Expectativa é por um asfalto mais abrasivo em relação a Baku, o que deve dificultar o gerenciamento de pneus por parte da Ferrari, até pelo calor da Flórida

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Andy Hone / Motorsport Images

Piloto espanhol da Aston Martin, o bicampeão mundial da Fórmula 1 Fernando Alonso, terceiro colocado em 2023 até o momento, espera que sua equipe se aproveite de algumas características da pista de rua do GP de Miami para prevalecer sobre as rivais no próximo fim de semana.

No domingo anterior, em Baku, Alonso terminou o GP de Azerbaijão em quarto, após três terceiro lugares consecutivos no começo da F1 2023 em Sakhir, Jeddah e Melbourne. Agora, rumo à quinta etapa do ano, o espanhol espera voltar ao pódio.

O editor recomenda:

No Azerbaijão, quem completou o top 3 foi Charles Leclerc, da Ferrari. O monegasco chegou logo atrás dos dois pilotos da Red Bull: o holandês Max Verstappen e o mexicano Sergio Pérez, que venceu.

Em Miami, porém, a expectativa é por um asfalto mais abrasivo em relação a Baku, o que deve dificultar o gerenciamento de pneus por parte da Ferrari, até por causa do calor da Flórida. Pelo menos é o que espera Alonso, que está otimista com sua Aston.

"Provavelmente [a menor degradação de pneus] será a força do nosso carro. Portanto, esperamos poder usá-la no domingo se não houver muitos carros de segurança ou sem chuva, algo assim. Mas sim, é o que pensamos, mas precisamos confirmar amanhã no treino livre", afirmou Alonso.

Fernando também falou sobre as rivais subestimarem a capacidade técnica e de atualizações da Aston em 2023. "Eles fizeram isso. E eles fazem todo fim de semana! Eles fazem [também em relação às atualizações]", disse o bicampeão da F1.

Em relação à redução das zonas de DRS em Miami, Alonso foi na contramão de outros pilotos do grid e elogiou a medida. “Ouvi que Lewis [Hamilton, britânico da Mercedes] estava dizendo que o DRS é muito curto, o que, para eles, de fato é, com o alto downforce do carro. Para a Red Bull (cujo carro tem menor arrasto aerodinâmico, diferentemente do W14 do heptacampeão mundial), é muito longo", ponderou.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #228 - Reclamações de Verstappen em Baku mostram que bicampeão 'sentiu o golpe'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Star Wars: relembre quando saga invadiu F1 com Red Bull, chocando a categoria
Próximo artigo Gasly relaciona F1 e filmes para comentar temporada 2023; entenda

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil