Fórmula 1 GP de São Paulo

F1 - Coro de octa, tributo a Senna, Abu Dhabi e mais: os destaques da homenagem a Hamilton na Câmara

Veja os destaques da cerimônia no Congresso Nacional

André Figueiredo (deputado) e Lewis Hamilton

Na tarde desta segunda-feira, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, foi homenageado na Câmara dos Deputados e recebeu o título de cidadão honorário do Brasil, poucos dias antes do início das atividades do GP de São Paulo de Fórmula 1

O editor recomenda:

Entre os destaques da cerimônia, um coro de "octacampeão" para o competidor, logo no início do discurso do presidente da casa legislativa, Arthur Lira (PP-AL). Confira o icônico momento no vídeo logo abaixo:

 

No discurso de Lira, também chamou atenção a comparação feita pelo parlamentar entre as atuações de Ayrton Senna pela F1 no Brasil à corrida feita por Hamilton no GP de São Paulo de 2021, quando o britânico brilhou com a Mercedes.

Aliás, os outros dois campeões mundiais da F1 brasileiros, Nelson Piquet e Emerson Fittipaldi, não foram citados. O proponente do projeto de lei, André Figueiredo (PDT-CE), foi destaque ao mencionar o polêmico GP de Abu Dhabi de 2021. O parlamentar também ressaltou o engajamento de Hamilton com relação a pautas antirracistas e de preservação ambiental, para delírio dos fãs do piloto presentes no Congresso Nacional.

 

Na sua vez de falar, Hamilton citou a primeira vinda ao Brasil, em 2007, e salientou o carinho recebido pelos fãs em 2021 (veja mais abaixo), quando o piloto celebrou a vitória com a bandeira brasileira, o que fez com que Figueiredo propusesse a cidadania. O britânico também homenageou Senna e o País. O competidor da Mercedes também destacou os desafios dos negros no esporte e se disse comprometido a abraçar tal causa.

“Muito obrigado pela recepção maravilhosa”, falou o piloto. “Estou maravilhado com o amor e carinho que vocês me mostraram ao longos dos últimos anos. Não sabia o que esperar hoje, mas ver todos vocês aqui me deu uma energia grande demais. Agradeço a todos, do fundo do meu coração”.

“É uma grande honra aceitar e receber essa honraria. Agora, finalmente, posso dizer que eu sou um de vocês. Amo o Brasil, sempre amei. Tenho muitas memórias incríveis mesmo de antes de vir pela primeira vez. Mas sabendo de tudo que vivi aqui desde vi pela primeira vez, em 2007, e especialmente o que aconteceu no ano passado foi incrível. Quero dedicar essa honra a Ayrton Senna, família dele, amigos e fãs", seguiu.

"Quando assisti Ayrton pela primeira vez, tinha cinco anos e sabia que queria ser um campeão como ele. Aí, passei a saber sobre o Brasil e jogar FIFA com a seleção do Brasil. Quero muito passar mais tempo aqui, conhecer mais lugares, como a floresta amazônica e lugares lindos. Como um homem preto no Brasil, temos tanta coisa ainda a melhorar em nosso esporte. Estou comprometido a mudar muita coisa e, quando estou no Brasil, vejo tanta gente, de tantas vertentes, lutando pelo que creio."

"Quando eu era mais novo, e dizia que queria ser um piloto como Ayrton, muita gente me dizia que era impossível. Espero que hoje seja mais uma demonstração de que se você trabalhar e acreditar no seu sonho, nada é impossível. Quero que seja um recado à juventude: sempre acreditem. Agora, me considero um de vocês. Obrigado, Brasil, eu amo vocês”, completou o inglês, que agora vai para São Paulo disputar a etapa de Interlagos.

Para encerrar a sessão, Hamilton tirou fotos com os presentes e o presidente da Câmara, Lira, fez uma brincadeira com seu time de futebol, o Flamengo, que, segundo o parlamentar, é sempre "garfado". Veja abaixo:

 

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se punição à RBR 'saiu barato': o 'crime compensa' na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Veja homenagem a Hamilton, cidadão honorário do Brasil, na Câmara
Próximo artigo Domenicali não vê falta de competitividade em 2022 como empecilho para futuro da Fórmula 1

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil