F1: McLaren relata desafios e 'pequenos passos' com motor Mercedes

Time britânico de Woking teve trabalho extra na intertemporada por causa da troca de unidade de potência

F1: McLaren relata desafios e 'pequenos passos' com motor Mercedes

Em função da troca de sua unidade de potência, com a saída da Renault e a volta da Mercedes, a McLaren foi para os testes de pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein com um desafio dos grandes.

Em um momento em que muitos dos carros de 2020 foram congelados pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), uma mudança de unidade de potência gera um trabalho enorme, impactando muitas áreas do monoposto.

Leia também:

Além das mudanças de regulamentos aerodinâmicos e os pneus Pirelli revisados com os quais todos do grid tiveram que lidar, a equipe de Woking enfrentou um grande desafio no inverno europeu.

Mesmo assim, a McLaren saiu dos testes do Bahrein em ótima forma, parecendo um time que realmente se recompôs, apesar do diretor técnico James Key admitir que tem dado "pequenos passos" ao enfrentar essas empreitadas.

O MCL35M foi para as pistas pela primeira vez em Silverstone para um dia de filmagem no dia 16 de fevereiro, cerca de 24 dias antes do novo modelo da Mercedes, o W12, estrear no Bahrein na última sexta-feira.

As estreias nas pistas são essenciais porque são marcadas com meses de antecedência e determinam os cronogramas de P&D (pesquisa e desenvolvimento), produção e construção dos carros.

Tradicionalmente, todos querem aprovar o design das peças o mais tarde possível. A desvantagem é que, quanto mais tarde você guia o carro, menos tempo você tem para resolver qualquer problema que surgir.

A Mercedes assumiu esse risco ao não correr até a pré-temporada, deixando seu primeiro dia de filmagem para depois dos testes de Sakhir, e os problemas que enfrentou no fim de semana sugerem que a atual campeã mundial pagou um preço por essa escolha.

Em vez de usar uma carga de trabalho extra inerente à mudança de motor como motivo para estar entre os últimos, a McLaren optou pela abordagem oposta, garantindo que o carro estivesse pronto para análise de dados e classificação de tudo antes dos testes no Bahrein.

"Tínhamos muitos ingredientes que precisávamos nesta semana para aproveitar ao máximo a oportunidade que tivemos", disse Key no domingo.

"Então, fizemos isso um pouco passo a passo, levamos um tempo com a construção do carro, fizemos alguma quilometragem antes de virmos para cá, tínhamos lacunas entre essa quilometragem para fazer alguns testes de dinamômetro com a Mercedes e também alguns dias de  filmagens, que também nos deu oportunidades de rodar o carro também."

"Tivemos algumas lacunas apenas para que pudéssemos ver como as coisas estavam indo e resolver alguns problemas que encontramos ao longo do caminho. Foram alguns pequenos passos para chegarmos nesta semana e esperar que pudéssemos ser confiáveis, mas dedos cruzado, até agora tem sido bastante razoável. "

O melhor registro da McLaren foi um modesto sétimo lugar no somatório geral dos tempos durante os três dias de testes, mas os times rivais estão convencidos de que há muito mais por vir.

Outras equipes tiveram mais quilometragem e a McLaren foi apenas a oitava na lista de voltas completadas, à frente de Aston Martin e Mercedes. Embora estar na parte inferior da tabela seja um claro sinal de problemas para essas equipes, não é o caso do time de Woking.

"Não há nenhuma razão negativa para a contagem de voltas que tivemos, tem mais a ver com o fato de que trocamos de pilotos todos os dias, o que sempre tem um pouco de implicação no tempo", disse o diretor técnico.

“Também tentamos dividir nosso tempo entre a coleta de dados, que às vezes pode ser demorada, e garantir quilômetros no carro."

"Claro, você gostaria de obter quilômetros no carro imediatamente, mas se você fizer isso, não necessariamente fará todos aqueles pequenos testes, com os quais normalmente começamos nosso dia", concluiu. 

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

ERRO BÁSICO da Mercedes e previsão de PÓDIOS da McLaren: Rico Penteado analisa pré-temporada da F1

Podcast #092 – Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?

 

compartilhar
comentários
Análise técnica: as soluções de Alpine, Aston Martin e cia no Bahrein

Artigo anterior

Análise técnica: as soluções de Alpine, Aston Martin e cia no Bahrein

Próximo artigo

F1: Ex-Red Bull 'acusa' Mercedes de "arrogância" na pré-temporada

F1: Ex-Red Bull 'acusa' Mercedes de "arrogância" na pré-temporada
Carregar comentários