F1: Em meio a especulações envolvendo Ricciardo, Mercedes segue indecisa sobre piloto reserva

Equipe não contará mais com Nyck de Vries e Stoffel Vandoorne no próximo ano

Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes AMG, arrives into the paddock

Mark Sutton / Motorsport Images

A Mercedes continua indecisa sobre quem será o piloto reserva da equipe na temporada 2023 da Fórmula 1 em meio a especulações que ligam Daniel Ricciardo ao time de Toto Wolff.

Leia também:

Ricciardo confirmou que não estará correndo na F1 no próximo ano depois de perder sua vaga na McLaren, mas o oito vezes vencedor de corridas continua focado em permanecer no paddock assumindo um papel de reserva.

O australiano tem sido associado a possíveis papéis de reserva na Red Bull e na Mercedes desde que sua saída da equipe de Woking foi confirmada, mas ele ainda não fez nenhum anúncio formal sobre seus planos para 2023. 

Questionado sobre a especulação que liga Ricciardo à Mercedes, o chefe da equipe, Toto Wolff, disse que achava que o australiano estava “falando com algumas equipes sobre um papel em potencial, acho que também a Red Bull”.

“Para nós, gostamos muito dele, ele é um ótimo personagem”, disse Wolff. “Mas ainda não estamos em posição de decidir quem vai ser reserva e terceiro piloto.”

A Mercedes precisa de um novo piloto reserva para o próximo ano, já que seus atuais substitutos, Nyck de Vries e Stoffel Vandoorne, garantiram novos papéis. De Vries correrá em tempo integral na F1 no próximo ano com a AlphaTauri, enquanto a Aston Martin anunciou na semana passada que Vandoorne se juntaria como reserva ao lado do campeão da Fórmula 2 Felipe Drugovich.

Daniel Ricciardo, McLaren

Daniel Ricciardo, McLaren

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Wolff disse que a personalidade e a experiência de Ricciardo seriam “realmente vantajosas” para qualquer equipe que trabalhar com ele no próximo ano.

“Mas não quero divulgar nenhum boato, porque ainda não decidimos”, acrescentou.

O atual piloto da Mercedes, Lewis Hamilton, revelou no mês passado que planeja ficar com a equipe além de seu contrato atual, que termina em 2023, desligando um dos principais assentos da F1 em um futuro próximo.

Mas Ricciardo não acha que seu futuro na F1 é “relativo ao que os outros fazem”, dizendo que “não estava apostando que ninguém fizesse algo para que eu pudesse encontrar meu caminho” de volta a um assento. 

“Quero levar o tempo necessário, manter um pouco de distância do esporte e, digamos, me reconstruir”, disse Ricciardo. “Mas então sim, se algo fizer sentido em 24, volto com uma vingança. me divirto espero correr na frente.”

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se punição à RBR 'saiu barato': o 'crime compensa' na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior ANÁLISE: Como recorde de vitórias conquistado por Verstappen se compara às temporadas de Schumacher e Vettel?
Próximo artigo F1: Horner revela que procurou Norris "algumas vezes"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil