F1: Entrega da nova fábrica da Aston Martin é atrasada em um ano, para 2022

compartilhar
comentários
F1: Entrega da nova fábrica da Aston Martin é atrasada em um ano, para 2022
Por:

A fábrica, que deveria ficar pronta em agosto de 2021, agora só será inaugurada no meio de 2022

No próximo ano, a Racing Point vai deixar de ser conhecida por esse nome e passará a ser uma equipe oficial da Aston Martin na Fórmula 1, graças ao envolvimento de Lawrence Stroll. Para comportar o tamanho de uma equipe de fábrica, uma nova fábrica está sob construção na Inglaterra, mas o prazo de entrega do projeto foi adiado devido à pandemia da Covid-19

A proposta era fazer a mudança das instalações durante a pausa de verão do próximo ano, mas a pandemia fez o trabalho sair do cronograma, cuja construção é localizada ao lado do prédio atual.

Leia também:

Ao invés de fazer a mudança no final do próximo ano, durante a intertemporada da F1, a equipe optou por atrasar em um ano o trabalho, para agosto de 2022.

"A mudança de fábrica ainda vai acontecer", disse Otmar Szafnauer ao Motorsport.com. "Nós iremos construir como for possível, por razões competitivas, pelo fato de que seremos Aston Martin, pelo fato desse espaço existir desde 1990 e não nos comportar mais".

"A única questão é que o coronavírus mudou a nossa perspectiva temporal um pouco. Não pudemos fazer muito".

"Então tínhamos que decidir a nova data para a troca das fábricas, por três ou quatro meses, já que estamos atrasados desde março, ou se jogamos para o ano seguinte, em agosto de 2022".

Segundo Szafnauer, a equipe irá fazer bom uso desse atraso.

"Provavelmente teremos cinco ou seis meses a mais por isso, e usaremos isso para nos tornarmos mais competitivos e ter certeza que os planos são os mais detalhados possíveis. Quando você tem planos assim, sua previsão de gastos é mais correta e é possível tomar decisões melhores".

"Agora com o vírus também, não sei o que esperar do futuro - não sei se teremos distanciamento para sempre, ou se teremos isolamentos de acrítico para cada funcionário... Temos que começar a olhar para tudo isso, caso nunca tenhamos uma vacina. E isso nos dá tempo para entender isso e tomarmos precauções".

"O tempo extra vai nos ajudar a entender melhor o trabalho, o que poderá reduzir gastos".

Desde que os planos foram revelados, a equipe adicionou espaço para comportar o grupo de projetistas de carros de rua da Aston Martin, que vão sair de sua casa atual, na sede da Red Bull Technology.

"A equipe de projetistas ficará aqui, e teremos um espaço de marketing também", disse. "Você poderá vir até aqui e, ao mesmo tempo, conferir o trabalho de uma equipe de F1 e configurar seu novo carro. Será um bom espaço para a Aston Martin".

Galeria
Lista

Racing Point factory

Racing Point factory
1/5

Foto de: Racing Point

Racing Point factory

Racing Point factory
2/5

Foto de: Racing Point

Racing Point factory

Racing Point factory
3/5

Foto de: Racing Point

Racing Point factory

Racing Point factory
4/5

Foto de: Racing Point

Racing Point factory

Racing Point factory
5/5

Foto de: Racing Point

VÍDEO: Veja como a Williams chegou até o 'buraco' da venda na F1

PODCAST Motorsport.com debate a influência de Lewis Hamilton para além das pistas

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Análise técnica: por que as mudanças da F1 para os assoalhos podem causar consequências inesperadas

Artigo anterior

Análise técnica: por que as mudanças da F1 para os assoalhos podem causar consequências inesperadas

Próximo artigo

Ímola garante certificação da FIA e tem condições de voltar a receber F1

Ímola garante certificação da FIA e tem condições de voltar a receber F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Racing Point
Autor Adam Cooper