Fórmula 1 GP da Holanda

F1: Ex-fisioterapeuta de Alonso acusa espanhol de não ser um "piloto de equipe"

Gerry Convy, que trabalhou com espanhol em sua estreia na McLaren, o acusou de não ser um homem de equipe e defendeu Hamilton

Fernando Alonso, Aston Martin Racing

Embora ele tenha retornado posteriormente, em 2015, o relacionamento entre Fernando Alonso e McLaren foi dos mais marcantes e históricos em sua primeira parte juntos, na temporada da Fórmula 1 de 2007.

Leia também:

Lá, Alonso se juntou à equipe britânica como o atual bicampeão mundial, e com um muito jovem e estreante Lewis Hamilton como parceiro. No entanto, depois de várias polêmicas ele voltou para a Renault no ano seguinte.

A tensão era tamanha que até hoje as pessoas ainda falam sobre tudo o que aconteceu, e Alonso revelou recentemente o episódio mais quente, o GP da Hungria, garantindo que ninguém queria ouvir sua versão ou a verdade.

Agora, enquanto a F1 ainda está de férias, seu ex-fisioterapeuta da McLaren, Gerry Convy, que entre 2002 e 2008 trabalhou com outros pilotos como David Coulthard e Juan Pablo Montoya, postou em sua conta no Instagram uma foto praticando esportes antes daquele percurso de 2007, atacando o asturiano.

À esquerda da foto, Convy legenda a imagem assim, em letras maiúsculas: "COMO NÃO SER UM PILOTO DE EQUIPE".

E ele escreve: "Esta foto foi no treinamento da McLaren Mercedes na Finlândia em 2007, que foi projetado para todos nós como um novo começo. Infelizmente, a nova contratação de Fernando Alonso não apareceu. Lewis Hamilton sim. Isso marcou o tom da temporada e o resto é história. Ninguém é maior que seu time ou sua organização."

Convy não é o primeiro a criticar Alonso por não ser um 'homem de equipe', embora outras equipes tenham negado isso e, de fato, elogiado o envolvimento do atual piloto da Aston Martin.

O fisioterapeuta não estava mais na McLaren quando Alonso voltou anos depois, provando que a relação com Ron Dennis estava consertada. Curiosamente agora, muito tempo depois, na Aston Martin não param de enfatizar o quão comprometido veem um piloto que aos 42 anos não perdeu a esperança e nem a fome.

Qual a DIFERENÇA entre o domínio de Max com a Red Bull e pico de Hamilton/Mercedes? E a McLaren?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #242 – O que a F1 2023 tem trazido de positivo, apesar da falta de vencedores diferentes?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior RETA FINAL: Destinos de Hamilton e Leclerc encaminhados; inglês negou Ferrari e barraco na Williams
Próximo artigo F1: 'Bolha protetora' de Vasseur auxilia recuperação da Ferrari, diz Leclerc

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil