F1: Ferrari pede solução "mais simples" para limites de pista

Mattia Binotto acredita que decisões que impactam a corrida "nunca são boas para o show"

F1: Ferrari pede solução "mais simples" para limites de pista

A Ferrari pediu à Fórmula 1 soluções "mais simples" para os limites da pista nos circuitos, acreditando que as linhas brancas não são a resposta para o problema atual.

Os limites de pistas têm sido um assunto constante no início da temporada de 2021 da categoria máxima do automobilismo, após uma série de incidentes envolvendo seu monitoramento.

Leia também:

A maior parte das reclamações veio da Red Bull, que viu Max Verstappen perder uma vitória, uma pole position e uma volta mais rápida ao exceder os limites da pista nas quatro primeiras corridas.

Verstappen disse antes do GP da Espanha que a F1 deveria usar um "limite rígido" nos circuitos em vez das linhas brancas, tornando isso mais claro para os pilotos e fãs. 

O assunto foi discutido pelos chefes de equipe com oficiais da F1 e da FIA na Espanha, que agora devem revisar a questão.

O piloto da Ferrari, Charles Leclerc, disse que uma 'zebra salsicha' seria a melhor maneira de controlar os limites da pista no futuro.

"Pessoalmente, gostaria que a 'zebra salsicha' fosse o limite da pista, porque podemos realmente sentir as vibrações", disse.

“Com a linha branca, é muito difícil julgar se você está a dois centímetros da linha branca ou na linha branca."

"Eu gosto de ter 'zebra salsicha' mas acho que tudo deve ser consistente e acho que todos concordamos entre os pilotos, que queremos apenas que algo seja consistente e igual para todos os lugares."

"Então, seja a linha branca ou 'zebra salsicha' ou qualquer outra coisa, eu realmente não me importo para ser honesto."

Um dos grandes obstáculos para a instalação de mais zebras e cascalhos nos circuitos é garantir que eles possam hospedar uma variedade de categorias além da F1.

O companheiro de equipe de Leclerc, Carlos Sainz, compreendeu que não era possível ter essas soluções como limites da pista em todas os circuitos, mas queria ver mais zebras usadas.

"Acho que a FIA e todos estão percebendo que a direção que essas pistas modernas estão seguindo provavelmente não é a ideal para os limites das pistas", disse Sainz.

“No final das contas está tornando a vida deles muito, muito difícil. Então, sim, respeitando as normas de segurança, para mim a melhor solução seria colocar cascalho ou grama após a zebra."

"Então não teríamos uma discussão sobre linhas brancas ou zebras. No caso de haver asfalto, concordo com Charles que prefiro as 'zebra salsicha' à linha branca porque não podemos ver."

O chefe da equipe Ferrari, Mattia Binotto, pediu à F1 para encontrar uma solução "mais simples" para os fãs entenderem, acreditando que as decisões que impactam a corrida "nunca são boas para o show".

"[Trata-se] de ter algo simples e de efeito imediato", disse Binotto.

"Seja o que for, você tira proveito de qualquer que seja o caso. Portanto, mantenha as coisas simples. Do meu lado, vejo outras soluções simples que seriam as melhores", concluiu.

Galvão, Regi e narradores; ex-diretor de F1 da Globo conta tudo sobre bastidores das transmissões

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Mercedes X Red Bull já pode ser considerada uma das maiores rivalidades da F1?

 

compartilhar
comentários
F1 - Williams: Russell está “muito perto” do nível do início da carreira de Hamilton

Artigo anterior

F1 - Williams: Russell está “muito perto” do nível do início da carreira de Hamilton

Próximo artigo

F1: Rosberg diz que anúncio da aposentadoria foi feito antes do planejado

F1: Rosberg diz que anúncio da aposentadoria foi feito antes do planejado
Carregar comentários