F1: Rosberg diz que anúncio da aposentadoria foi feito antes do planejado

Campeão mundial revela que Mercedes tentou convencê-lo a ficar

F1: Rosberg diz que anúncio da aposentadoria foi feito antes do planejado

Nico Rosberg relevou que o anúncio da sua aposentadoria na Fórmula 1 feito no dia 2 de dezembro de 2016 não foi planejado e que o faria mais tarde.

Leia também:

Em entrevista que será publicada na íntegra no dia 21 de maio ao canal doFormel1.de no YouTube, o alemão disse que não pretendia se aposentar no dia da cerimônia em que foi premiado com o título mundial em Viena.

Na pré-visualização de quatro minutos que está disponível, Rosberg admitiu que planejava fazer o anúncio de sua saída da categoria mais tarde.

“Eu teria gostado muito de comemorar o título mundial por mais um mês e então, em algum momento, dizer: 'Vou desistir!'”, revelou o alemão.

“Se dependesse de mim, eu teria feito isso em janeiro para ter mais um mês de festa como campeão mundial, e então em algum momento de janeiro fazer o anúncio."

Deixar a categoria já era algo que ele pensava basicamente antes da sua vitória em Abu Dhabi, então ele queria informar sua equipe o mais rápido possível. "Fiz pelo Toto e pela equipe, apenas", explicou Rosberg. Para ele, pessoalmente, "não foi bom" anunciar sua renúncia já em Viena.

Diante desta situação, a Mercedes teve que "se reposicionar, é claro" e "procurar um novo piloto" como resultado da saída totalmente inesperada. Essa foi "a única razão" pela qual Rosberg declarou publicamente o fim de sua carreira de piloto durante a coletiva de imprensa do campeonato mundial em Viena na tarde de 2 de dezembro de 2016.

O chefe da equipe, Toto Wolff, e a administração do time alemão foram informados antes da coletiva sobre a decisão do alemão. No entanto, a teoria de que Wolff tenha ficado contente com a aposentadoria do piloto, depois que o relacionamento entre Rosberg e Lewis Hamilton se deteriorou várias vezes nos anos anteriores, "nunca" foi verdade.

Com a dupla Rosberg/Hamilton, a Mercedes teve "a melhor combinação de pilotos" em todo o campeonato e, apesar da rivalidade, os dois estavam sempre se 'empurrando' para novos níveis. E, segundo Rosberg, a escuderia de Brackley tentou convencê-lo a ficar, "especialmente Niki (Lauda) e, claro, teria sido mais fácil continuar."

Galvão, Regi e narradores; ex-diretor de F1 da Globo conta tudo sobre bastidores das transmissões

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Mercedes X Red Bull já pode ser considerada uma das maiores rivalidades da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Ferrari pede solução "mais simples" para limites de pista

Artigo anterior

F1: Ferrari pede solução "mais simples" para limites de pista

Próximo artigo

F1 2021: Confira os horários e como acompanhar o GP de Mônaco

F1 2021: Confira os horários e como acompanhar o GP de Mônaco
Carregar comentários