Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

F1: Ferrari traz novo assoalho para GP da França

Equipe testará novo piso em carro de Charles Leclerc na sexta-feira, para decidir se segue com nova solução

F1: Ferrari traz novo assoalho para GP da França
Carregar reprodutor de áudio

A Ferrari avaliará um novo design de assoalho no GP da França de Fórmula 1, enquanto a equipe italiana tenta aumentar a aposta em sua luta com a Red Bull.

Visto no pitlane de Paul Ricard nesta quinta-feira (21), o F1-75 de Charles Leclerc foi equipado com o novo design em preparação para a sessão de treinos livres desta sexta-feira à tarde.

Leia também:

Enquanto isso, o carro de Carlos Sainz tem o design antigo (destaque na foto), com isso provavelmente a Ferrari procurará coletar dados consecutivos para validar o desempenho do mundo real em relação à promessa mostrada no CFD e no túnel de vento.

Embora a maior parte do foco de desenvolvimento técnico da Ferrari tenha girado em torno de suas escolhas de asas nas últimas corridas, as equipes estavam bem cientes de que o assoalho é uma área crítica que impulsiona o desempenho do carro.

Comparando o piso antigo e o novo da Ferrari, fica claro que há uma separação mais definitiva nas seções interna e externa da entrada do túnel, com a transição próxima à cerca do piso sendo muito mais abrupta (setas vermelhas).

O layout revisado terá implicações no comportamento do fluxo de ar nas superfícies superior e inferior do túnel.

A cerca nessa região também será impactada, já que o teto da borda de ataque do piso agora também está muito mais baixo.

Também vale a pena notar que, embora possamos ver essas mudanças externas no piso, não quer dizer que a equipe não tenha feito mais modificações no piso para ajudar a extrair mais desempenho, pois haverá claramente um efeito indireto.

Ainda não está claro se ambos os pilotos terão a nova solução à disposição após os testes iniciais, caso as novas peças provem seu potencial.

Com as equipes sobrecarregadas devido ao limite do teto de gastos, houve momentos em que preferiram trazer apenas um único componente até que ele provasse seu valor.

De volta ao GP do Canadá, Leclerc se beneficiou de uma nova asa traseira de baixo arrasto que foi entregue na corrida e provou ser fundamental para ajudar a Ferrari a levar a luta para a Red Bull em termos de velocidade máxima.

Ferrari F1-75 rear wing comparison

Ferrari F1-75 rear wing comparison

Photo by: Giorgio Piola

Após sua vitória no GP da Áustria, o chefe da equipe Ferrari, Mattia Binotto, calculou que as diferenças nas retas entre o carro de sua equipe e a Red Bull agora eram quase nada.

"Com essa nova asa traseira, acho que simplesmente reduzimos a diferença que tínhamos em termos de velocidade. Acho que eles ainda têm uma pequena vantagem, mas é muito pequena ou insignificante", disse ele.

TELEMETRIA: Rico Penteado aponta o que pode definir sorte de Ferrari e Red Bull na França

 

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #187 – Marko está certo ao colocar Verstappen como “a maior história de sucesso da Red Bull”?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
F1: Russell cobra "mente aberta" de pilotos e direção de prova e aponta necessidade de evolução do regulamento
Artigo anterior

F1: Russell cobra "mente aberta" de pilotos e direção de prova e aponta necessidade de evolução do regulamento

Próximo artigo

DIRETO DO PADDOCK: Mercedes atualizada, Ferrari mudada, Hamilton x Alonso e Verstappen em alerta

DIRETO DO PADDOCK: Mercedes atualizada, Ferrari mudada, Hamilton x Alonso e Verstappen em alerta