F1: Grosjean recorda quando Vettel o visitou no hospital após acidente

Tetracampeão esteve presente em tratamento de francês depois de colisão que quase tirou sua vida

F1: Grosjean recorda quando Vettel o visitou no hospital após acidente
Carregar reprodutor de áudio

Romain Grosjean revelou que Sebastian Vettel o visitou no hospital um dia depois de seu acidente no GP do Bahrein de Fórmula 1 de 2020. O francês escapou pouco depois da Curva 4 ao tentar ultrapassar Daniil Kvyat e bateu de frente na barreira de proteção, o que fez o tanque de seu carro explodir em uma bola de fogo.

Ele saiu ileso graças ao Halo, que perfurou o ferro e evitou que ele fosse nocauteado ou mesmo decapitado, apenas suas mãos ficaram queimadas. Durante o tratamento, recebeu o tetracampeão em seu quarto, de acordo com sua biografia La mort en face. O ex-piloto da Haas também revelou que o alemão era o mais próximo a ele no grid.

Leia também:

"Na segunda-feira, 30 de novembro, eu acordei às 6h e alguém chegou muito cedo e de forma inesperada: Sebastian Vettel, que estava preocupado comigo", disse Grosjean. "Seb é provavelmente o piloto que mais estou próximo. Ele vive a mesma vida que eu, com três crianças, e quer protegê-las o máximo possível."

"Quando disse que queria correr em Abu Dhabi, ele respondeu: 'não, vai para casa e descansa'. Expliquei a ele que era o fim da minha carreira e não queria que terminasse assim", acrescentou.

O acidente marcou a aposentadoria de Grosjean da F1 e o GP do Barhein foi sua última corrida. Atualmente, ele corre na Indy, onde conseguiu três pódios em sua temporada de estreia e já está confirmado na Andretti para o campeonato de 2022.

F1 - RESSURREIÇÃO: FERRARI mais PRÓXIMA de alcançar POTÊNCIA do motor MERCEDES? Entenda a teoria

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #141 – É o fim da linha para Mercedes e Hamilton após GP dos EUA?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
F1: Marko diz que Verstappen poderia ter somado 50 pontos a mais no campeonato
Artigo anterior

F1: Marko diz que Verstappen poderia ter somado 50 pontos a mais no campeonato

Próximo artigo

Diretor da Honda diz que fabricante ainda voltará à Fórmula 1

Diretor da Honda diz que fabricante ainda voltará à Fórmula 1