Fórmula 1 GP de Singapura

F1 - Hamilton critica equipes por impedirem adição de zona de DRS em Singapura: "Deveriam ser a favor de mais disputas"

Associação de Pilotos chegou a fazer um pedido à FIA pela zona extra, citando apoio unânime dos pilotos, mas quatro times foram contra em votação

 Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

Lewis Hamilton criticou as quatro equipes da Fórmula 1 que bloquearam um esforço de última hora da FIA para adicionar uma quarta zona de DRS ao circuito de Singapura neste fim de semana, afirmando que é estranho ver tal decisão quando, na verdade, deveriam ser a favor de mais disputas.

Com a mudança no traçado de Marina Bay, foi discutida a adição de uma zona extra de DRS na reta criada com a exclusão das quatro curvas de 90 graus. O assunto foi complicado pela natureza do circuito, tornando uma decisão menos simples.

Leia também:

Em junho, a FIA pediu às equipes o feedback das simulações, mas com o foco nas provas de verão, aquele tópico acabou recebendo pouca atenção. À época, fontes disseram que houve três não, duas neutras e cinco sequer responderam.

Mas com o foco se voltando para o GP, os pilotos começaram a testar no simulador o novo traçado e começaram a questionar porque ali não havia uma zona de DRS, algo que aumentou na chegada à pista. Na quinta, a GPDA escreveu uma carta à FIA afirmando que os pilotos apoiavam de forma unânime a quarta zona de asa móvel.

Na sexta-feira, o assunto foi debatido na reunião com os chefes de equipe. Na votação, era necessário apoio unânime para a aprovação, mas quatro foram contrários.

 Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Na sexta à noite, o assunto foi levantado novamente na reunião da direção de prova com os pilotos, e George Russell foi um dos pilotos que dizia que a zona extra melhoraria a corrida, mas aceitou o fato de agora ser tarde demais para fazer a mudança.

Lewis Hamilton foi um que ficou desapontado com a decisão, culpando as quatro equipes contrárias.

"Acho que precisamos do DRS naquele novo setor, foi um pedido de todos os pilotos à FIA", disse. "E a FIA perguntou a todas as equipes, com algumas recusando. As equipes deveriam ser a favor de mais disputas, não contra. E é interessante ver algumas equipes terem sido contrárias".

Outro piloto a se manifestar foi Nico Hulkenberg, que minimizou qualquer risco de segurança.

"Não teria nenhum problema com o DRS, já que a velocidade já cria muito downforce na traseira ali. Não acho que teria problemas de segurança ali. Alguns pilotos pediram, mas era tarde demais. Só tem como saber depois de andar ali, e talvez ficasse mais fácil de ultrapassar ali. Agora vamos fazer assim e revisar para o próximo ano".

FERRARI DOMINA SINGAPURA na 6ª e Mercedes ADMITE CONTESTAR Abu Dhabi-21 por causa de Massa-2008 | F1

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #247 - Há espaço para Drugovich na F1 em 2024? E Norris na Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Sainz lidera o TL3 para o GP de Singapura à frente de Russell; Verstappen é 4º
Próximo artigo F1: Ferrari está "surpresa" com bom rendimento no GP de Singapura

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil