F1 - Hamilton teme que corrida classificatória em Silverstone seja uma procissão: "Não deve ser tão emocionante"

Formato será realizado pela primeira vez, com Monza confirmado como o segundo palco, enquanto a incerteza sobre Interlagos faz a F1 adiar a confirmação

F1 - Hamilton teme que corrida classificatória em Silverstone seja uma procissão: "Não deve ser tão emocionante"
Carregar reprodutor de áudio

No próximo final de semana, a Fórmula 1 realizará a primeira corrida classificatória de sua história, durante o sábado do GP da Grã-Bretanha em Silverstone. E enquanto os fãs aguardam com expectativa a novidade, o heptacampeão Lewis Hamilton jogou um balde de água fria sobre o assunto, temendo que a prova seja apenas uma "procissão".

A novidade foi aprovada pela F1 no início da temporada para ser testada em três eventos ao longo do ano. Silverstone e Monza já estão confirmados, enquanto o último deverá ser realizado fora da Europa. Interlagos era visto desde o início como esse palco, mas as incertezas sobre o GP de São Paulo fazem com que a categoria adie essa confirmação.

Leia também:

A introdução do novo formato muda também a cara do fim de semana da F1. Na sexta, serão realizados o primeiro treino livre e a classificação, no modelo que já estamos acostumados, com Q1, Q2 e Q3. Os resultados desta sessão, formam o grid de largada da corrida classificatória.

No sábado, antes da corrida classificatória, ainda será realizado o TL2. Esta nova sessão terá uma duração de 100 quilômetros, cerca de um terço de um GP tradicional e seu resultado determinará o grid do domingo, com o vencedor da corrida sendo considerado o pole position, levando ainda três pontos, com dois para o segundo e um para o terceiro.

Em Silverstone, a prova terá duração de 17 quilômetros. E mesmo tendo a torcida ao seu lado em um momento em que busca se recuperar no campeonato, já que se encontra 32 pontos atrás de Verstappen no Mundial, o heptacampeão não tem a melhor das expectativas para a novidade.

Questionado após o GP da Áustria se tinha boas expectativas para a primeira corrida classificatória da história da F1, Hamilton foi direto: "Não particularmente".

"Acredito que será uma procissão. Com sorte teremos algumas ultrapassagens, mas o mais provável é que não deve ser tão emocionante".

Questionado sobre o fato do piloto mais rápido na classificação não ser considerado o pole position do fim de semana, Hamilton disse que "não há motivos para fazer julgamentos antes" e que, no momento, não era algo que importava.

Em meio a um jejum de cinco corridas sem vencer, algo que não acontecia desde o fim de 2017 / início de 2018, o heptacampeão foi questionado se precisaria de um "reinício" no intervalo até a corrida de Silverstone.

"Não preciso de um reinício. Somente preciso me desligar e fazer algo de diferente".

F1 2021: Hamilton ‘JOGA TOALHA’ sobre SUPERIORIDADE da Red Bull e apela para “REZA” com Mercedes

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho da temporada de Norris até agora?

 

.

compartilhar
comentários
F1 - Verstappen: Red Bull precisa garantir que carro domine outras pistas além da Áustria
Artigo anterior

F1 - Verstappen: Red Bull precisa garantir que carro domine outras pistas além da Áustria

Próximo artigo

F1: Organização do GP da Austrália acredita que etapa não abrirá temporada 2022

F1: Organização do GP da Austrália acredita que etapa não abrirá temporada 2022
Carregar comentários