F1: Horner não vê Verstappen 'seguindo passos' de Alonso, correndo aos 41 anos

Chefe da Red Bull citou como expansão do calendário da F1 acaba impactando pilotos e mecânicos

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, in Parc Ferme

Max Verstappen vem fazendo seu nome na Fórmula 1, com marcas impressionantes apesar de ainda ser jovem, com 24 anos. Muitos imaginam que o holandês ainda tem uma longa trajetória pela frente, inspirado por pilotos como Kimi Raikkonen, Fernando Alonso e Lewis Hamilton, com carreiras longevas. Mas Christian Horner não vê seu piloto seguindo esse mesmo caminho.

No momento, o holandês tem o contrato de maior duração do grid, estando garantChefeido na Red Bull até o fim de 2028, quando terá 31 anos.

Leia também:

Para muitos, Verstappen ainda deve ter uma longa carreira pela frente, mas o próprio holandês já falou mais de uma vez sobre seu futuro fora da F1, com o desejo de correr em outras categorias e, mais recentemente, criticando as mudanças no formato do Mundial com a introdução das corridas sprint.

Mas Horner não vê o holandês seguindo os passos de Alonso, hoje com 41 anos, quebrando os recordes de longevidade da categoria

"Max é ele mesmo. Ele é muito claro em suas convicções e em sua visão sobre o que quer fazer da vida", disse Horner à Sky Sports. "E não o vejo sendo um Fernando Alonso, correndo aos 41 ou 42, talvez não na F1".

"Mas o que ele realmente ama é correr. Corridas virtuais, correr em provas de GT para se divertir: sua paixão é guiar, correr. E enquanto ele tiver a chama para isso, vai continuar. Mas a longevidade dessa chama é única para todos, você tem que descobrir a sua".

"Correr em 23 GPs é um cronograma brutal e difícil. É difícil para os pilotos, mas é ainda mais complicado para os mecânicos, que viajam no início da semana e voltam na segunda-feira seguinte após uma corrida. É um cronograma brutal que acaba cobrando seu preço".

EXCLUSIVO: Ouça Massa detalhando possível judicialização do GP de Singapura de 2008

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: McLaren 'ironiza' Massa e tentativa de revisão do título de 2008
Próximo artigo F1: Mercedes explica problema no motor de Russell na Austrália

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil