F1: Leclerc diz que quinta posição foi além das expectativas da Ferrari; Vettel lamenta

compartilhar
comentários
F1: Leclerc diz que quinta posição foi além das expectativas da Ferrari; Vettel lamenta
Por:
, Editor

Piloto monegasco afirmou que equilíbrio do carro estava melhor após ter problemas nas últimas duas corridas

Charles Leclerc ficou "muito feliz" depois de se classificar em quinto lugar para o GP da Toscana em Mugello, que será disputado neste domingo (13) na Itália, dizendo que o resultado superou todas as expectativas da equipe.

A Ferrari entrou no final de semana da corrida de Mugello procurando se recuperar de duas provas sem conquistar pontos, depois de lutar com os baixos requisitos de força aerodinâmica de Spa e Monza.

Leia também:

Enquanto seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, não passou do Q2, classificando-se em 14º, Leclerc foi capaz de avançar para o Q3 e então garantir o quinto lugar no grid em sua última volta.

Embora Leclerc tenha se beneficiado de uma bandeira amarela que negou a muitos de seus rivais a chance de melhorar o tempo de volta, o piloto monegasco ficou encantado com o resultado.

“Estou muito feliz, muito feliz com a volta geral”, disse Leclerc. “Juntei tudo e o P5 ficou definitivamente acima das nossas expectativas. Muito, muito feliz”.

“Monza e Spa foram extremamente difíceis para toda a equipe. Lutei muito para pilotar o carro com aquelas configurações baixas de força descendente, [era] muito difícil com o equilíbrio”.

“Mas aqui conseguimos equilibrar e me senti muito bem no carro. Está faltando performance geral para poder lutar com os caras da frente, mas o equilíbrio hoje foi muito bom”.

“Me deu confiança e pude dar o meu melhor naquela volta de classificação. Mas foi complicado, porque na primeira volta do Q3, estava com pneus velhos”.

“Então, passar do antigo ao novo foi complicado, mas no final nós fizemos acontecer”.

A Ferrari está comemorando seu milésimo GP em Mugello neste fim de semana, mas Leclerc sentiu que a equipe enfrentará dificuldades para se manter à frente na corrida.

“É uma boa oportunidade”, disse Leclerc. “Mas por outro lado, se olharmos para o ritmo de corrida das outras equipes na sexta-feira, há muitos carros que estão mais fortes do que nós.”

“Vai ser difícil mantê-los atrás, mas esse é o meu trabalho no carro e eu darei tudo”.

Vettel estava menos otimista com as chances da Ferrari depois de não chegar ao Q3 pela quinta corrida consecutiva, explicando que teve dificuldades com o SF1000 durante a classificação.

“É um pouco de dificuldade, mas é o ano todo”, disse Vettel. “Tentamos, no entanto, fazer tudo o que podemos para compreender um pouco mais o carro”.

“Tento fazer tudo o que posso pilotando para me adaptar, mas acho que ainda há mais a fazer.”

Q4:Tudo da classificação para o GP da Toscana de F1, em Mugello; Motorsport.com e convidados debatem

PODCAST: Vitória de Gasly prova que F1 é ambiente 'onde os fracos não têm vez'?

 

PLACAR F1: 'Virou passeio?' Hamilton abre 7 a 2 sobre Bottas

Artigo anterior

PLACAR F1: 'Virou passeio?' Hamilton abre 7 a 2 sobre Bottas

Próximo artigo

Verstappen: “Nunca esperei lutar contra a Mercedes” em Mugello

Verstappen: “Nunca esperei lutar contra a Mercedes” em Mugello
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Toscana
Pilotos Charles Leclerc
Equipes Scuderia Ferrari
Autor Luke Smith