F1 - Leclerc: Ferrari tem "a melhor chance" de vencer a Red Bull em 2024

Ritmo no primeiro dia de treinos para o GP da Austrália, animou o piloto que acredita que a Ferrari está em boa forma com o desempenho do SF-24

Charles Leclerc, Ferrari SF-24

Mark Sutton / Motorsport Images

Charles Leclerc avaliou que equipe está em uma posição melhor no duelo contra a Red Bull. O piloto acredita que a Ferrari pode almejar uma exibição muito melhor do que a que conseguiu nos dois primeiros GPs da temporada da Fórmula 1.

"Eu diria que estamos em uma posição melhor do que nas duas primeiras corridas", disse Leclerc, que liderou o segundo treino livre em Albert Park.

Leia também:

"No entanto, a Red Bull ainda não estava pressionando, então temos que esperar para ver qual é o potencial deles. Acho que eles ainda estão na frente, mas talvez tenhamos nossa melhor chance neste fim de semana desde o início da temporada.", declarou o piloto antes da corrida do GP da Austrália.

Leclerc disse que a Ferrari havia começado bem em Melbourne, com poucos motivos para reclamar - e que havia potencial para extrair ainda mais desempenho no restante do fim de semana.

"Por enquanto, parece bom. Tivemos um dia positivo desde as primeiras voltas do TL1 até o final do TL2, o que é um bom começo.", analisou.

Charles Leclerc, Scuderia Ferrari

Charles Leclerc, Scuderia Ferrari

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

"No entanto, precisamos continuar trabalhando duro, porque tenho certeza de que teremos algumas surpresas. Não há motivo para estarmos um pouco à frente de todos os outros amanhã, portanto ainda há margem para melhorar em alguns aspectos. Mas nossa corrida foi muito boa, o que é encorajador, mas vamos ver.", encerrou Leclerc.

Carlos Sainz, companheiro de equipe de Leclerc, volta à ação na Austrália após a operação de apendicite que o tirou do GP da Arábia Saudita.

Embora tenha admitido não estar em sua melhor forma, ele ainda foi o terceiro mais rápido no TL2, apenas 0,430 segundos atrás de Leclerc.

Perguntado sobre como se sentia após seu primeiro dia de volta ao carro, Sainz disse: "Bem, obrigado. Estou me sentindo bem."

"Obviamente, sinto-me cansado depois dos treinos, não estou 100% fisicamente, mas acho que tive um bom dia. E se você tivesse me dito há uma semana que eu poderia fazer todo o treino sem problemas, eu teria ficado muito feliz. Então, estou muito feliz por isso."

"Obviamente, preciso de uma boa noite de sono e de uma boa recuperação para amanhã. Mas sim, estou me sentindo bem.", explicou.

Sainz disse que não havia mostrado o potencial máximo de si mesmo ou do carro na sexta-feira, enquanto se recuperava, e acha que há mais por vir na classificação. 

"Eu fiz isso passo a passo e entrei em um ritmo, não no limite do carro e nem no limite de mim mesmo ainda", explicou.

"Mas acho que, com mais voltas e um pouco mais de confiança em como tudo se sente por dentro, acho que serei mais rápido amanhã e espero lutar pela pole position, junto com [Leclerc] contra todos os outros.

"Acho que vai ser apertado como vimos no TL1. Acho que no TL2 demos um bom passo, mas acho que o quali amanhã vai ser mais parecido com o TL1.", observou Sainz.

ALPINE PODE VENDER EQUIPE E COMPRADOR JÁ É COTADO

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast: Verstappen fora da Red Bull? Drugo tem chances em 2025?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Marko comenta chances de Pérez continuar na Red Bull em 2025
Próximo artigo ANÁLISE: Dados mostram Ferrari equilibrada e Red Bull lenta no GP da Austrália de F1

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil