F1: Leclerc teme que manter a Red Bull atrás em Miami será "difícil"

O monegasco acredita que a força da Red Bull em retas pode fazer o diferencial na corrida deste domingo

F1: Leclerc teme que manter a Red Bull atrás em Miami será "difícil"
Carregar reprodutor de áudio

Leclerc conquistou a terceira pole da temporada 2022, da Fórmula 1, ao liderar a qualificação à frente de seu companheiro de equipe na Ferrari, Carlos Sainz, com Verstappen terminando em terceiro depois que sua última volta no Q3 deu errado. 

A Ferrari trouxe uma asa traseira reformulada para Miami com o objetivo de reduzir o arrasto que carregou nas primeiras provas do campeonato, mas Leclerc ainda está prevendo dificuldades para manter Verstappen longe nas longas retas ao redor da pista de Miami Gardens. 

"Se eles estiverem perto de nós, será muito difícil", disse ele na coletiva de imprensa pós-classificação. 

“Mas temos essa vantagem nas curvas, o que espero [significa] que eles estarão muito atrás [atrás] para ter a oportunidade de nos ultrapassar nas retas.

 “Só o tempo dirá e só veremos isso [na corrida]. Mas o ritmo do carro é bastante forte, então vamos nos concentrar em nós mesmos e ver onde estamos.”

Max Verstappen, Red Bull Racing, talks with pole man Charles Leclerc, Ferrari, after Qualifying

Max Verstappen, Red Bull Racing, talks with pole man Charles Leclerc, Ferrari, after Qualifying

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Quando perguntado sobre quanta confiança ele tinha no pacote F1-75, dados os resultados que obteve até agora em 2022, Leclerc respondeu: “Muito. É um pacote muito forte que temos – funciona em mais ou menos todas as condições desde o início da temporada.

 “Então, isso é um bom sinal para o futuro. Mas, como já disse muitas vezes, acho que as atualizações deste ano serão muito importantes.” 

Leia também:

Sobre a atualização de Miami que a Ferrari diz ter diminuído o nível de arrasto da asa traseira no documento oficial da FIA, detalhando as mudanças do carro em todo o campo, Leclerc disse que “foi na direção certa” e acrescentou que “espero que tenhamos mais durante a temporada para ficar no topo”. 

Leclerc também disse que ter Sainz ao lado dele para a largada em Miami era “definitivamente melhor” para as chances da Ferrari derrotar a Red Bull. 

“Ambos os carros são muito competitivos”, continuou ele.

“Então, Carlos e eu somos muito competitivos. É ótimo para a equipe e vamos tentar terminar nas mesmas posições [na corrida]”.

F1 AO VIVO: Merc LUTA por reação, RBR enfrenta PROBLEMAS do TL2 e Ferrari mantém favoritismo | Q4

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Russell surpreende e lidera em Miami; Verstappen com problemas e Sainz bate 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Horner diz que Red Bull tem bom carro para GP, mas espera também contar com a sorte
Artigo anterior

F1: Horner diz que Red Bull tem bom carro para GP, mas espera também contar com a sorte

Próximo artigo

F1: Pilotos debatem melhorias para chicane "Mickey Mouse" de Miami

F1: Pilotos debatem melhorias para chicane "Mickey Mouse" de Miami