F1: McLaren confirma venda de parte das ações da equipe para consórcio americano

Negócio de 15% das ações foi feito com o consórcio liderado pela MSP Sports Capital, devendo aumentar para 33% até 2022.

F1: McLaren confirma venda de parte das ações da equipe para consórcio americano

A McLaren confirmou na manhã deste domingo (13), antes da realização do GP de Abu Dhabi de Fórmula 1, a venda de parte das ações da equipe a um consórcio americano liderado pela MSP Sports Capital. O negócio deve injetar mais de R$1,2 bilhão na McLaren nos próximos dois anos.

Como o grupo McLaren enfrenta problemas financeiros este ano, devido à pandemia da Covid-19, o envolvimento de novos investidores será um grande impulso para a equipe de Fórmula 1, que faz uma campanha de sucesso na temporada de 2020.

Leia também:

A MSP Sports Capital lidera um fundo direcionado que investe em propriedades relacionadas a esportes que acredita terem potencial a longo prazo. As principais figuras da organização têm experiência como proprietários e investidores na National Football League (NFL), Major League Baseball (MLB), National Basketball Association (NBA), ESPN e outras empresas de gestão de esportes.

O consórcio adquiriu 15% das ações na McLaren inicialmente, mas deve aumentar sua participação para um máximo de 33% até o fim de 2022. Com isso, o valor da equipe McLaren passa a ser de R$3,75 bilhões.

O acordo também trará mudanças para o gerenciamento da equipe, com o CEO Zak Brown confirmando sua participação a longo prazo, enquanto Paul Walsh segue como presidente-executivo. Porém o novo investidor Jahm Najafi ocupará o cargo de vice-presidente ao lado do Sheikh Mohammed bin Essa Al Khalifa.

Além disso, Jeff Moorad da MSP Sports e Rodrigo Trelles Zabala da UBS O'Connor foram apontados como novos membros do corpo de diretores da McLaren ao lado de Sultan Ojjeh e Will Griffiths do Grupo McLaren.

Brown disse: "Esse investimento representa um momento chave no progresso da McLaren Racing. A MSP Sports Capital é, acima de tudo, uma investidora do campo do esporte. Eles conhecem o mercado e sua equipe tem experiência considerável e sucesso comprovado".

"Eles serão parceiros e acionistas, com a habilidade de usar sua rede e conhecimento para o benefício a longo prazo da McLaren Racing. O novo investimento impulsiona nosso plano de colocar a McLaren novamente na disputa por vitórias e títulos na F1 e na Indy, fortalecendo nosso momento positivo".

A McLaren, que administra uma divisão automotiva, sua equipe de corrida e braço de tecnologia aplicada, foi duramente atingida pelo impacto financeiro da crise da Covid-19. Em junho, a operação com sede em Woking fechou um acordo de empréstimo de £150 milhões com o Banco Nacional do Bahrein para ajudar a aumentar a liquidez em meio a preocupações crescentes sobre um problema de fluxo de caixa a curto prazo.

O grupo McLaren também está vendendo e depois alugando sua fábrica em Woking, em uma tentativa de levantar fundos extras que podem ajudar a pagar sua dívida. Atualmente, cerca de 56% da organização é detido pela Mumtalakat Holding Company, do Bahrain, 14% por Mansour Ojjeh e 10% por Michael Latifi, com os 20% restantes divididos entre os acionistas minoritários.

No início deste fim de semana, o CEO da McLaren, Zak Brown, disse que, apesar das dificuldades desta temporada, ele estava otimista sobre o futuro e não via razão para que a equipe não pudesse operar no limite do novo orçamento da F1.

“Estou muito confortável ”, disse ele. “Teremos todos os recursos que precisamos. Nosso presidente está, como você sabe, reestruturando o negócio. Ele tem muita experiência nisso, então tudo está indo conforme o planejado e estou muito animado com o nosso futuro.”

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1 2020: Assista ao debate sobre o treino classificatório para o GP de Abu Dhabi de Fórmula 1

PODCAST: "Show" de Russell pode gerar problema para Mercedes?

 

compartilhar
comentários
Leclerc presta homenagem a última corrida de Vettel na Ferrari com pintura especial em capacete

Artigo anterior

Leclerc presta homenagem a última corrida de Vettel na Ferrari com pintura especial em capacete

Próximo artigo

Wolff põe fim às especulações de Russell na vaga de Bottas na Mercedes em 2021: "Valtteri estará em nosso carro"

Wolff põe fim às especulações de Russell na vaga de Bottas na Mercedes em 2021: "Valtteri estará em nosso carro"
Carregar comentários