F1: Mercedes não terá DED nos treinos do GP de Portugal

compartilhar
comentários
F1: Mercedes não terá DED nos treinos do GP de Portugal
Por:
, Especialista
Co-autor: Matthew Somerfield

Equipe testará carro sem polêmico dispositivo, visando próxima temporada

Uma das grandes polêmicas da temporada 2020 da F1 foi o sistema de direção de eixo duplo (DED), que apareceu pela primeira vez nos testes de pré-temporada, em Barcelona, e que altera o ângulo da ponta da roda dianteira quando o piloto empurra ou puxa o volante.

Ele não é usado em todas as voltas, mas tem sido útil para a Mercedes em certas circunstâncias nesta temporada, pois ajuda a colocar rapidamente o calor nos pneus, como no final dos períodos do safety car. A Mercedes é a única equipe a utilizá-lo e, para evitar uma corrida armamentista cara entre todas as equipes, a FIA já proibiu a novidade para o próximo ano.

Leia também:

A proibição forçará a Mercedes a fazer alterações em seu sistema de direção para 2021, e parece que a montadora alemã está fazendo um esforço inicial para entender as implicações das modificações.

Como nossa fotografia exclusiva mostra, o conjunto de direção com que a equipe construiu o carro é uma solução como a usada pela Mercedes em 2019. Ao fazer isso, a Mercedes abandonou temporariamente a capacidade de ajuste do piloto que o sistema de direção de eixo duplo geralmente oferece.

Mercedes AMG F1 W11 power steering DAS

Mercedes AMG F1 W11 power steering DAS

Photo by: Giorgio Piola

O Motorsport.com apurou que ambos os carros da Mercedes vão rodar sem o DED nas sessões de treinos de sexta-feira. Entende-se que o objetivo do teste é auxiliar tanto a equipe quanto os pilotos a entender as implicações da remoção do dispositivo.

Ao reservar um tempo para avaliar isso agora, a equipe tem muito tempo para reagir a qualquer comportamento adverso que já não esperava.

Na quinta-feira, Lewis Hamilton elogiou o trabalho que a Mercedes fez ao trazer o DED para a F1 - e disse que a equipe iria encontrar outras soluções "geniais" no futuro.

“Claro, não estará no próximo ano, mas vamos encontrar outro, outro gênio vai aparecer com outra ótima maneira de levar a equipe adiante.”

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Neste fim de semana, a F1 visita Portimão, para o GP de Portugal. E em uma prova onde adaptação é essencial, a Mercedes e Hamilton podem respirar aliviados: o piloto ou a equipe venceram a edição inaugural das quatro últimas provas novas. Ele venceu em Mugello, Sochi e Austin. Já Rosberg venceu em Baku. Parece uma aposta certa não? Quer saber mais? Confira o ThePlayer.com e não perca nada!

Polêmica na Fórmula 1: confira o sistema de direção revolucionário da Mercedes 2020 em ação na pista

PODCAST: O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

 

Hamilton se diz surpreso pela escolha de Petrov como comissário da F1 no GP de Portugal

Artigo anterior

Hamilton se diz surpreso pela escolha de Petrov como comissário da F1 no GP de Portugal

Próximo artigo

F1: Mercedes faz mudança nos motores após problema com Bottas

F1: Mercedes faz mudança nos motores após problema com Bottas
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Portugal
Equipes Mercedes
Autor Giorgio Piola