F1: Mercedes "surpresa" com "estranha" decisão da Red Bull de utilizar pouco downforce na Hungria

Diretor de engenharia da equipe alemã esperava que rivais levassem a vantagem em Budapeste e que não entendeu configuração da escuderia austríaca

F1: Mercedes "surpresa" com "estranha" decisão da Red Bull de utilizar pouco downforce na Hungria

A Mercedes declarou que ficou um pouco perplexa com a "estranha" decisão da Red Bull de não usar sua asa com o máximo de downforce no GP da Hungria de Fórmula 1, pois o sinuoso circuito de Hungaroring encaixava com os pontos fortes do chassi RB16B da equipe austríaca.

No entanto, a escuderia alemã virou o jogo em relação à sua principal rival ao título, com Lewis Hamilton na pole position e se recuperando de uma estratégia errada para terminar em terceiro na pista e segundo lugar com a punição a Sebastian Vettel.

Leia também:

Sem resposta imediata sobre por que mostrou um ritmo tão forte durante o fim de semana, a Mercedes ficou intrigada com a escolha de asa da Red Bull. A atual campeã de construtores temia que a rival pudesse ser imbatível se buscasse sua versão de maior downforce.

O diretor de engenharia, Andrew Shovlin, disse: "Pensamos ser um circuito que deveria se adequar a eles. A outra coisa que sempre nos preocupa quando chegamos a uma pista que exige essa aerodinâmica é que estamos frequentemente correndo com máximo downforce e eles trariam isso apenas em Mônaco e aqui."

“No entanto, talvez eles não conseguissem equilibrar. Para nós parece estranho executar qualquer outra coisa em Hungaroring senão uma forte asa traseira. Não sabemos o motivo das decisões sobre aquele carro, mas pode ser que eles estivessem lutando para conseguir uma dianteira suficiente nele, na asa grande, e diminuíram para a menor", acrescentou.

A Mercedes quer fazer uma análise mais profunda para saber por que sua forma era melhor do que a da Red Bull, após supostamente ter ganho desempenho nas retas e curvas.

"É algo que precisamos examinar nos próximos dias", comentou Shovlin. "Estamos reduzidos a pequenos desenvolvimentos agora. Tínhamos o kit de atualização em Silverstone e parece que nos deu um desempenho útil, e o carro funcionou bem em manter a temperatura dos pneus. Tivemos um bom equilíbrio com ele."

"Para ser honesto, nós mesmos estamos surpresos com isso. Quer dizer, é uma surpresa agradável, mas ficamos surpreendidos pela vantagem na pole, por exemplo", concluiu.

F1 2021: DO CÉU AO INFERNO: Como Verstappen PERDEU TUDO o que construiu EM DUAS CORRIDAS

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Como Verstappen se encaixa entre rivais históricos de Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Podcast #123 – A primeira metade do campeonato da F1 foi a mais incrível dos últimos anos?

Artigo anterior

Podcast #123 – A primeira metade do campeonato da F1 foi a mais incrível dos últimos anos?

Próximo artigo

F1: Pourchaire escalado para testes com Alfa Romeo no Hungaroring

F1: Pourchaire escalado para testes com Alfa Romeo no Hungaroring
Carregar comentários