F1: O erro crucial de Vettel que Hamilton quer evitar na Ferrari

Multicampeão da categoria máxima do automobilismo assim como Seb, Lewis também tentará a glória na elite global do esporte a motor com a Scuderia; conseguirá?

Drivers at turn two Buzzin biodiversity project Lewis Hamilton, Mercedes-AMG Sebastian Vettel

Drivers at turn two Buzzin biodiversity project Lewis Hamilton, Mercedes-AMG Sebastian Vettel

Zak Mauger / Motorsport Images

Após o anúncio de que Lewis Hamilton deixará a Mercedes rumo à Ferrari a partir de 2025 na Fórmula 1, vêm surgindo notícias de que alguns 'companheiros' do britânico nas Flechas de Prata podem seguir o piloto a caminho da Scuderia, especialmente seu engenheiro de corrida, Peter Bonnington, o 'Bono' -- outro nome apontado foi o do chefe de engenharia de pista, Andrew Shovlin, embora esta transferência seja vista como difícil. As informações são do Formu1a.uno.

 A ideia por trás dessa manobra é criar uma estrutura sólida para Hamilton na Ferrari, nos moldes do que o então bicampeão mundial Michael Schumacher, da Alemanha, fez quando deixou a Benetton rumo à equipe vermelha em 1996, 'levando' nomes como Ross Brawn e Rory Byrne

O editor recomenda:

Seria, também, uma maneira de tentar evitar o fracasso de outro germânico na Scuderia: Sebastian Vettel, que foi para a Maranello em 2015 após conquistar quatro títulos pela Red Bull. Ele, porém, não foi capaz de ser campeão pelo time italiano -- e não levou nomes sêniores da 'RBR' consigo.

De todo modo, a ida de funcionários das Flechas de Prata para a Ferrari aparentemente já está ocorrendo, com as últimas especulações sendo as movimentações recentes do diretor de desempenho Loïc Serra e do chefe de desempenho em pista Riccardo Musconi.

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1,  Sebastian Vettel, Ferrari

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Sebastian Vettel, Ferrari

Foto: Mark Sutton / Motorsport Images

Além disso, a Ferrari vê na contratação de Hamilton uma forma de atrair pessoal da equipe rival, conforme disse o jornalista Roberto Chinchero, da edição italiana do Motorsport.com, ao podcast F1 Nation. O repórter cita o pensamento exposto pelo chefe vermelho, Frédéric Vasseur.

"Acho que temos de dizer que, para Fred, foi uma espécie de vitória. Porque ele disse várias vezes no ano passado que queria ter Lewis. Ele me disse: 'Ter Lewis é algo que ajuda a ter os melhores engenheiros também. Se você tem Lewis, é como um cartão para os melhores engenheiros'. Nesse aspecto, acho que é um negócio muito bom para a Ferrari", explicou Chinchero, profissional veterano na cobertura de F1 e com muitas fontes em Maranello.

As CONSEQUÊNCIAS do 'fico' de Norris: RED BULL vai atrás de QUEM agora que Lando ficará na McLaren?

Podcast #268 – O que será do futuro de Horner e Red Bull?

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Atual contrato de Hamilton impede que piloto leve pessoal de confiança para Ferrari
Próximo artigo F1: Silverstone fecha acordo para manter GP da Grã-Bretanha até 2034

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil