F1: Ex-Mercedes, chefe da Williams crê que equipe voltará mais forte após perder Hamilton

James Vowles também vê o lado positivo para o piloto britânico, alegando que ele quer se desafiar

Race Winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 celebrates in Parc Ferme with James Vowles, Motorsport Strategy Director, Mercedes AMG F!

Race Winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 celebrates in Parc Ferme with James Vowles, Motorsport Strategy Director, Mercedes AMG F!

Steven Tee / Motorsport Images

O chefe da Williams, James Vowles, acha que sua ex-equipe Mercedes “voltará mais forte” na Fórmula 1 depois de perder Lewis Hamilton para a Ferrari.

 

Na semana passada, a Mercedes anunciou a notícia bombástica de que o heptacampeão mundial deixaria a equipe no final de 2024 para se juntar ao seu ex-chefe da equipe GP2, Fred Vasseur, na Ferrari.

Leia também:

De acordo com Vowles, a saída chocante de Hamilton será inevitavelmente um golpe para a Mercedes, mas ele acredita que todas as partes sairão mais fortes.

 

“Na verdade, acho que é bom para o esporte”, disse ele no lançamento da pintura de 2024 da Williams. “Será bom para Lewis, porque ele aprenderá com isso e se desafiará.

 

“Não é bom para a Mercedes no curto prazo, mas, na verdade, acho que você verá que eles ficarão absolutamente bem em relação aos pilotos.”

 

"Eles têm uma escalação forte para escolher. Como resultado, eles voltarão mais fortes. Então, em última análise, é uma coisa boa com o tempo."

James Vowles, Motorsport Strategy Director, Mercedes AMG F1, and Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, 1st position, on the podium

James Vowles, Motorsport Strategy Director, Mercedes AMG F1, and Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, 1st position, on the podium

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Embora o momento da decisão de Hamilton tenha sido inesperado, Vowles disse que não está surpreso que Hamilton estivesse pronto para sair de sua zona de conforto na Mercedes e mudar de ambiente.

 

“Tive uma conversa com ele no fim de semana, foi uma decisão difícil para ele”, disse ele quando questionado pelo Motorsport.com. “Em primeiro lugar, é a sua casa e a sua família há muitos anos.

 

“E é o mesmo que qualquer um de nós quando vamos mudar de organização e mudar para outro lugar. Isso faz com que você se dilacere por dentro, mas ele quer provar a si mesmo e ao mundo que pode passar por uma das coisas mais difíceis. E ele provavelmente ainda tinha uma chance em sua carreira para provar isso, e eu entendo perfeitamente os motivos.”

 

O piloto da Williams, Alex Albon, disse que saber da mudança de Hamilton foi um “momento de se beliscar”, comparando-o à saída do ícone do futebol Lionel Messi do Paris Saint-Germain para Inter Miami.

 

“Que história nova foi essa. Não sei sobre vocês, mas definitivamente não esperava que isso acontecesse”, disse Albon. "Mas é bom para ele. Acho que ele quer essa mudança. O momento é obviamente mais estranho por ser uma semana antes de todas as equipes fazerem seus anúncios.

 

“Isso apenas mostra o quão grande Lewis é, vendo as ações da Ferrari subindo tanto quanto subiram e apenas vendo a percepção geral das notícias.

 

“Definitivamente, para mim, foi um daqueles momentos de beliscão, como 'Isso é real?'

 

“Há tantos rumores circulando durante o inverno que você não sabia o que tinha credibilidade ou não. E o da Ferrari definitivamente parecia ser um boato para mim no início da história, e então acabou sendo uma coisa real.

 

“Isso lembra a transferência Messi pata o Miami e apenas mostra o apetite pela Fórmula 1. Também deixa muitas questões sobre o mercado de pilotos.”

As CONSEQUÊNCIAS do 'fico' de Norris: RED BULL vai atrás de QUEM agora que Lando ficará na McLaren?

Podcast #268 – O que será do futuro de Horner e Red Bull?

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Sainz manda recado enfático após notícia de Hamilton na Ferrari
Próximo artigo F1: FIA perde profissionais importantes de departamento jurídico

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil