Conteúdo especial
Fórmula 1 GP do Japão

Senna x Prost e cia: finais icônicas no Japão, onde Verstappen pode ser bi da F1

Curiosamente, Suzuka foi palco do último título de Piquet e da primeira conquista de Senna, respectivamente em 1987 e 1988; as 3 taças de Ayrton 'foram' lá

Niki Lauda and James Hunt talk to Barry Sheene

No próximo fim de semana, a Fórmula 1 retorna a Suzuka após dois campeonatos distante do circuito nipônico para a disputa do GP do Japão, segundo 'match point' do holandês Max Verstappen na temporada 2022.

O editor recomenda:

O piloto da Red Bull poderia ter sido campeão em Singapura, mas quis o destino que o cenário mais favorável ao segundo título do jovem de 25 anos ficasse em Suzuka, onde ele precisa 'só' vencer para celebrar a conquista na casa da Honda, que 'volta' ao carro da equipe taurina nesta prova.

Simbolismos de lado, o fato é que a pista já foi palco de decisões icônicas da F1, em etapas marcantes que vão muito além dos acidentes entre Ayrton Senna e Alain Prost -- em 1989, o francês provocou acidente estratégico com o então companheiro de McLaren e acabou ficando com o título daquele ano (relembre a batida no vídeo abaixo), embora tenha recebido o troco do rival brasileiro já no campeonato seguinte, quando foi derrotado enquanto piloto da Ferrari.

 

Uma delas foi a de 1996, quando o britânico Damon Hill, da Williams, finalmente se consagrou após abandono do companheiro canadense Jacques Villeneuve, que fazia sua primeira temporada na F1 e seria campeão sobre Michael Schumacher, da Ferrari, de forma dramática no ano seguinte, em Jerez.

O alemão, aliás, também foi protagonista de uma das mais importantes conquistas celebradas em Suzuka: foi lá que, em 2000, 'Schumi' quebrou um jejum ferrarista que já durava 21 anos e faturou a primeira de suas cinco taças consecutivas com o time de Maranello, que viveu 'era de ouro' até 2004.

Michael, a propósito, também conquistou título em Suzuka em 2003, quando terminou o ano dois pontos à frente do finlandês Kimi Raikkonen, da McLaren. Em 2011, outro germânico foi coroado no Japão: Sebastian Vettel, que naquele ano venceu o segundo de seus quatro títulos com a Red Bull.

Voltando a Schumacher, o alemão viu um de seus principais rivais ser coroado duas vezes em Suzuka: Mika Hakkinen, também finlandês da McLaren, foi campeão diretamente sobre o Kaiser na final de 1998 e, no ano seguinte, bateu o então 'parceiro' do ferrarista, o norte-irlandês Eddie Irvine.

Pouco mais de uma década antes, em 1987, um ícone brasileiro foi consagrado em Suzuka: Nelson Piquet, que viu seu companheiro britânico de Williams, Nigel Mansell, sequer largar por causa de um acidente nos treinos e pôde celebrar a conquista de seu terceiro título mundial na elite do automobilismo.

Campeões coroados em outras sedes no Japão

Fora Suzuka, o país foi palco da conquista de uma taça da F1 em duas pistas: Aida, onde Schumi garantiu, em 1994, o primeiro de seus dois títulos seguidos pela Benetton, e Fuji, onde o britânico James Hunt, da McLaren, se consagrou em 1976 após abandono do austríaco Niki Lauda, da Ferrari.

Um fato curioso é que, das 13 vezes em que uma corrida japonesa coroou um campeão, apenas em cinco a nação recebeu o último GP do ano -- nas glórias de Hunt, Hill, ambas de Hakkinen e a de Schumacher em 2003. Confira na tabela abaixo:

Ano Pista Piloto Rodada
1976 Fuji (GP do Japão) Reino Unido James Hunt (McLaren) 16/16
1987

Suzuka (GP do Japão)

Brasil Nelson Piquet (Williams) 15/16
1988 Brasil Ayrton Senna (McLaren) 15/16
1989 França Alain Prost (McLaren) 15/16
1990 Brasil Ayrton Senna (McLaren) 15/16
1991 Brasil Ayrton Senna (McLaren) 15/16
1995

Aida (GP do Pacífico)

Alemanha Michael Schumacher (Benetton) 15/17
1996

Suzuka (GP do Japão)

Reino Unido Damon Hill (Williams) 16/16
1998 Finlândia Mika Hakkinen (McLaren) 16/16
1999 Finlândia Mika Hakkinen (McLaren) 16/16
2000 Alemanha Michael Schumacher (Ferrari) 16/17
2003 Alemanha Michael Schumacher (Ferrari) 16/16
2011 Alemanha Sebastian Vettel (Red Bull) 15/19*

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Verstappen diz que precisa de “fim de semana perfeito” para conquista de título
Próximo artigo Pérez diz que pilotos latinos enfrentam mais críticas na F1

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil