Fórmula 1 GP de São Paulo

F1: Para Hamilton, sucesso na categoria fez com que se tornasse "alvo" de Verstappen

Acidente ente piloto da Mercedes e Red Bull em Interlagos voltou a levantar questionamentos sobre a forma como rivais se encaram

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, Lewis Hamilton, Mercedes W13

O GP de São Paulo de Fórmula 1 foi responsável por muitas disputas nas pistas e 'tretas' fora delas também. Após tocar com Max Verstappen, Lewis Hamilton sugeriu que seu sucesso na categoria fez com que ele se tornasse um alvo para o holandês bicampeão mundial. 

Leia também:

O piloto da Mercedes e seu rival da Red Bull fizeram contato após o reinício do safety car em Interlagos, que foi desencadeado pela colisão na primeira volta entre Daniel Ricciardo e Kevin Magnussen. Verstappen, que naquele momento era terceiro e estava atrás de Hamilton, tentou contornar o britânico na curva 1 reivindicar o ápice interno para a direita da curva 2.

No entanto, ele ficou com pouco espaço e eles fizeram contato na parte inferior dos S do Senna. O holandês quebrou a asa dianteira, enquanto o britânico sofreu danos no piso e nas tampas das rodas. A FIA disse que Verstappen foi o principal culpado pelo acidente e recebeu uma penalidade de cinco segundos.

Com os rivais brigando várias vezes ao longo de sua batalha pelo título de 2021, o incidente mais recente levou novamente a sugestões de que eles correm entre si de maneira diferente de outros pilotos. Questionado se tinha alguma preocupação sobre Verstappen ter um problema específico com ele, Hamilton disse: “Não estou preocupado. Acho natural quando você tem o sucesso e os números no peito, que você se torne um alvo. Mas está tudo bem. Não é nada que eu não tenha lidado antes.”

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, collides with Lewis Hamilton, Mercedes W13

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, collides with Lewis Hamilton, Mercedes W13

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Hamilton disse que não teve nenhum pensamento em particular sobre acidente quando aconteceu, já que sua mente estava focada em continuar a corrida e se recuperar no pelotão.

“Eu realmente não tenho muita opinião sobre isso, para ser honesto”, disse ele. “Tudo o que pensei naquele momento foi que teria que abandonar porque senti algo, a traseira não estava mais a mesma depois disso."

"Para mim, era como se eu fossemos perder a dobradinha - era tudo que eu conseguia pensar", explicou. "Então eu estava pilotando pela grama, de volta à pista e tudo o que eu conseguia pensar era como eu poderia voltar a dar à equipe aquele resultado incrível."

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Horner nega que Verstappen se sente maior que Red Bull: "Trabalhamos como equipe"
Próximo artigo F1: Por que Verstappen foi penalizado em batida com Hamilton

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil