Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
24 dias
06 mai
Próximo evento em
66 dias
20 mai
Próximo evento em
80 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
94 dias
10 jun
Próximo evento em
101 dias
24 jun
Próximo evento em
115 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
136 dias
29 jul
Próximo evento em
150 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
178 dias
02 set
Próximo evento em
185 dias
09 set
Próximo evento em
192 dias
23 set
Próximo evento em
206 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
213 dias
07 out
Próximo evento em
220 dias
21 out
Próximo evento em
234 dias
28 out
Próximo evento em
241 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
277 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
286 dias

F1: Pérez diz que motores podem explodir em Monza

Mexicano disse que alguns motores podem explodir, já que as equipes terão que usar o mesmo modo desde o classificatório

compartilhar
comentários
F1: Pérez diz que motores podem explodir em Monza

Sergio Pérez acredita que a Racing Point não vai repetir no GP da Itália a falta de ritmo que mostrou no domingo passado na corrida em Spa, na Bélgica. O mexicano também alertou que "pode haver alguns motores explodindo" em Monza.

O circuito Spa-Francorchamps tem sido tradicionalmente bom para a equipe de Silverstone e o próprio piloto mexicano alcançou seis resultados entre os seis primeiros colocados em quatro das últimas cinco visitas àquela pista. No entanto, no GP da Bélgica, a colheita da Racing Point foi muito ruim e a equipe foi derrotada pelos rivais diretos, Renault e McLaren, deixando Lance Stroll e Pérez em nono e décimo lugar.

Leia também:

Questionado nesta quinta-feira (03) em Monza, palco do GP de Itália, sobre as razões pelas quais passou um final de semana de altos e baixos em Spa, Pérez respondeu: “Acho que temos algumas ideias. Acho que o nosso desempenho não foi muito bom em baixa velocidade durante a corrida. Não fomos capazes de fazer nenhum progresso no início, o que contribuiu de alguma forma para o nosso resultado. Não fomos tão rápidos quanto a McLaren, a Renault, e eles dificultaram bastante”.

“Acho que a pista simplesmente não funcionou para nós. Tomamos algumas decisões erradas no final de semana, mas nada grave. Espero que aqui, mesmo sendo uma pista com baixa pressão aerodinâmica, possamos ser mais competitivos neste circuito ", acrescentou o mexicano.

‘Checo’ explicou que o conceito de design diferente que a Racing Point adotou para seu carro RP20, que foi baseado na Mercedes de 2019, faz com que a equipe se destaque em circuitos onde costumava ser pior e sofre em cenários em que costumava ser melhor.

"Obviamente é um carro muito diferente do que tínhamos antes. Em geral, fomos muito competitivos em Spa nos anos anteriores. Não fomos tão competitivos em outros lugares como a Hungria, por exemplo, então as coisas mudaram muito no carro”.

“Sabemos onde o carro está forte, onde está fraco, e tentamos equilibrá-lo em cada circuito. Tem alguns circuitos onde vamos ser muito fortes e outros onde vamos lutar um pouco mais. É importante que, quando lutarmos, procuremos minimizar os danos".

Dirigindo-se para o fim de semana em Monza, um circuito onde Pérez foi segundo em 2012 e sempre terminou na zona de pontos a partir de 2014, o piloto de Guadalajara disse que "definitivamente devemos estar melhores do que no fim de semana passado”.

"Devemos esperar ser bons com os dois carros e abrir espaço para os nossos concorrentes, porque esse terceiro lugar no lugar dos construtores é muito importante para nós. Portanto, temos que marcar os pontos fortes que pudermos", disse ele.

Fim do modo festa

O GP da Itália marca a primeira corrida em que as equipes terão que usar o mesmo modo de motor desde o início da sessão de classificação até o final da corrida, algo que "Checo" descreve como "interessante".

"Vamos ver. Não sabemos o quanto os outros podem controlar seus motores na corrida. Acho que certamente vai nos prejudicar um pouco na classificação. E você tem que ver o quanto podemos ganhar na corrida em comparação com todos os outros”.

"Acho que é só uma questão de esperar por este final de semana. Esta pista é muito difícil para os motores, então pode haver alguns motores explodindo, então será importante ir até o fim. E será muito interessante ver as diferenças entre as equipes", disse o mexicano.

DIRETO DO PADDOCK: Claire Williams deixa equipe, Vettel põe F1 em xeque e Senna terá série na Netflix

PODCAST: O que será da F1 no Brasil em 2021, sem Globo, pilotos e corrida?

 

Related video

Hamilton vê saga dos modos de motor "divertida", mas questiona motivos para mudança

Artigo anterior

Hamilton vê saga dos modos de motor "divertida", mas questiona motivos para mudança

Próximo artigo

F1: FIA alerta equipes sobre limites de pista na curva Parabolica em Monza

F1: FIA alerta equipes sobre limites de pista na curva Parabolica em Monza
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Sergio Perez
Autor Federico Faturos