F1: Raikkonen confirma retorno no GP da Rússia após Covid-19

Com isso, piloto finlandês terá oito corridas pela frente até sua despedida da F1, no GP de Abu Dhabi

F1: Raikkonen confirma retorno no GP da Rússia após Covid-19

A despedida oficial de Kimi Raikkonen da Fórmula 1 tem data para começar. Após testar positivo para Covid-19 e ficar de fora de duas etapas, o finlandês retornará ao grid já na próxima prova, o GP da Rússia.

Antes do GP da Holanda, o finlandês de 41 anos confirmou que 2021 será seu último ano na principal categoria do automobilismo mundial, encerrando uma carreira com múltiplas vitórias e pódios além do título de 2007.

Leia também:

Mas desde o anúncio Kimi ainda não teve a chance de disputar um GP. Durante o final de semana em Zandvoort, a Alfa Romeo confirmou que ele havia testado positivo para Covid-19, sendo imediatamente afastado da etapa e substituído pelo piloto de testes da equipe, Robert Kubica.

O polonês seguiu no carro no último final de semana, correndo no lugar de Raikkonen no GP da Itália em Monza.

Em uma publicação nas redes sociais, Raikkonen confirmou que está bem e que seu retorno já tem data marcada: no final de semana de 24 a 26 de setembro, com o GP da Rússia em Sochi.

"Está tudo bem comigo, nos vemos no próximo GP!", escreveu Kimi em seu perfil oficial no Instagram.

 

Raikkonen terá agora oito corridas para sua despedida da F1, que acontecerá em 12 de dezembro no GP de Abu Dhabi, encerrando a carreira mais longeva da história da categoria, com 341 provas disputadas entre o GP da Austrália de 2001 e a Bélgica 2021.

F1 2021: Verstappen e Hamilton BATEM, RIVALIDADE se acirra e Ricciardo vence com 1-2 da McLaren | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Ricciardo diz que tinha vitória na mão antes mesmo da batida entre Hamilton e Verstappen
Artigo anterior

F1: Ricciardo diz que tinha vitória na mão antes mesmo da batida entre Hamilton e Verstappen

Próximo artigo

F1: Mercedes está disposta a ceder em debate sobre motores para facilitar entrada do Grupo VW

F1: Mercedes está disposta a ceder em debate sobre motores para facilitar entrada do Grupo VW
Carregar comentários