Fórmula 1 Testes de fevereiro no Bahrein

F1: Red Bull de 'olhos abertos' para Aston Martin e Alonso em 2023

Christian Horner garantiu que a equipe de Lawrence Stroll deu um passo adiante e vê o espanhol muito "competitivo"

Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal

A Aston Martin fez uma pré-temporada muito boa no Bahrein, algo que, somado às grandes expectativas que geraram durante o inverno com suas declarações, chamou a atenção de todo o paddock da Fórmula 1. Não é de estranhar que as equipas da zona intermédia os coloquem como um dos rivais a bater, mas é menos comum ver os líderes olharem para os passos em frente de uma equipe que foi sétimo na última classificação geral de construtores.

Leia também:

O chefe da Red Bull, Christian Horner, foi um dos que falou sobre o desempenho apresentado pela equipe de Silverstone, mas garantiu que foi "difícil ler" o que os tempos refletiam a respeito do outros porque eram simples testes de inverno e não um GP. 

Horner insistiu na melhoria da Aston Martin e destacou as habilidades de seu principal piloto: "Acho que eles deram um grande passo. Parece que seu o conceito do carro os levou adiante e eles não estão muito longe, Fernando [Alonso] em particular parece muito competitivo."

"É muito difícil dizer", disse Horner à F1. "A Ferrari parece rápida, a forma da Mercedes é difícil de ler no momento. Eles estão escondendo algo? Veremos na próxima semana, acho que tudo ficará claro."

No entanto, ele está confiante nas capacidades de seu RB19 nas mãos de um Max Verstappen que acaba de conquistar dois títulos mundiais consecutivos, o que o torna o piloto a ser batido na temporada de 2023: “[O carro] tem sido bastante consistente com Max, o que é sempre bom de se ouvir, então o desenvolvimento e a direção que procuraremos para otimizá-lo para corridas futuras é o mesmo entre os dois lados da garagem, isso é encorajador”.

Além disso, Horner revelou o motivo pelo qual não distribuem o tempo de pista de seus pilotos da mesma forma que seus rivais: "Acho que nossa preferência é, uma vez que um piloto e seus engenheiros estão em ritmo, em vez de parar para o almoço, continue com ele ao longo do dia."

"Claro, isso é diferente para cada equipe, mas se adapta mais aos planos que tínhamos neste teste em particular", declarou Christian Horner, que viu como Sergio Pérez estabeleceu o tempo mais rápido nos testes de pré-temporada nos últimos dias antes do GP inaugural de 2023.

Drive To Survive: erros e acertos da 5ª temporada da série da F1. Cadê Interlagos e Vettel?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com discute duelos internos das equipes da F1 em 2023

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior GP do Bahrein de F1: Horários e como assistir etapa de abertura da temporada 2023, com F2 e F3
Próximo artigo Em meio a movimento 'contra' Andretti, GM considera entrar na F1 com outra equipe

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil