Fórmula 1 GP de São Paulo

F1 - Red Bull terá novo túnel de vento: "Decisão de Mateschitz"

Equipe utiliza túnel de vento construído nos anos 1940

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Nos últimos anos, a Red Bull vem trabalhando na renovação de todas as suas instalações. E entre uma das últimas 'bênçãos' de Dietrich Mateschitz antes de sua morte no mês passado está uma que pode mudar as operações da equipe na Fórmula 1: um novo túnel de vento, já que o atual está defasado, sem conseguir acompanhar a tecnologia atual.

O investimento da marca no esporte vem aumentando, incluindo a montagem do novo departamento de motores, que tornará a equipe autossuficiente, sem depender de outras montadoras.

Leia também:

Muitas dessas instalações estão próximas umas das outras em Milton Keynes, no Reino Unido, e arredores, mas o problema é que o túnel de vento ainda não havia acompanhado essa crescente. 

O túnel de vento é um dos elementos mais importantes de uma equipe de F1. Isso porque é possível testar o que o design do carro faz quando o assunto é aerodinâmica. Muitas vezes, você percebe imediatamente se algo funciona ou não.

Desde a temporada passada, o número de horas que uma equipe pode passar no túnel de vento depende de sua posição no Campeonato Mundial de Construtores. Quanto mais alto você terminar, menos poderá trabalhar no túnel de vento.

Com o título deste ano, a Red Bull poderia usar apenas 70% das horas de túnel de vento. Esse valor é reduzido em ainda outros 10% por causa da sanção pela violação do teto orçamentário. Mesmo assim, é importante para a Red Bull inovar.

Atualmente, eles ainda usam o antigo túnel de vento da Arrows, usado pela primeira vez na indústria aeronáutica em 1946.

O chefe da equipe, Christian Horner, disse ao The Race, que Mateschitz, cofundador da marca de bebidas energéticas, decidiu como um de seus últimos investimentos renovar o túnel de vento.

"Investir em um novo túnel de vento foi uma decisão de Dietrich. Quando as regras de túnel de vento foram introduzidas, a eficiência do nosso túnel não era comparável ao que teríamos com as regras. Isso nos forçou a fazer um grande investimento".

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se punição à RBR 'saiu barato': o 'crime compensa' na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Diretor da Sky Sports visita sede da Red Bull para 'fazer as pazes', diz imprensa britânica
Próximo artigo F1: Alpine desconversa sobre 'status de pilotos' e pede profissionalismo de Gasly e Ocon

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil