F1: Revista pede desculpas à família Schumacher e anuncia demissão de editora por entrevista com IA

Anne Hoffmann liderava a revista Die Aktuelle desde 2009, mas foi demitida pela Funke, grupo responsável pela publicação

Michael Schumacher, Mercedes

A direção da revista alemã Die Aktuelle anunciou a demissão da editora responsável pela publicação da entrevista falsa de Michael Schumacher, realizada com o auxílio de inteligência artifical, divulgando ainda um pedido público de desculpas à família do heptacampeão da Fórmula 1.

Na última semana, a publicação chegou ao centro dos holofotes graças a uma edição anunciando o que seria a primeira entrevista de Schumacher após o acidente de 2013. A capa trazia um Michael sorridente mas que, por dentro, era composta por declarações falsas geradas por uma IA, com a manchete "parece falsamente real".

Leia também:

A reportagem irritou a família Schumacher, que ameaçou processar a publicação, que pertence ao grupo Funke. Agora a marca anunciou a demissão da editora-chefe Anne Hoffmann.

"Esse artigo de mau gosto e enganador nunca deveria ser sido feito", disse Bianca Pohlmann, diretor da Funke. "Ele não condiz com o padrão de jornalismo que nós e nossos leitores esperam de um publisher como a Funke".

"Como resultado da publicação deste artigo, tivemos consequências pessoais imediatas. A editora-chefe da Die Aktuelle, Anne Hoffman, que vinha comandando a publicação desde 2009, se despede imediatamente de sua função".

Michael Schumacher, Mercedes GP with his wife Corinna Schumacher

Michael Schumacher, Mercedes GP with his wife Corinna Schumacher

Photo by: Mercedes AMG

A família Schumacher vem mantendo em total sigilo as condições reais de Schumacher desde o acidente em 2013. Agora com 54 anos, o heptacampeão segue se recuperando em casa, na Suíça, sem nenhuma aparição pública e tendo contato apenas com pessoas mais próximas.

O mais próximo que chegamos disso durante esses anos veio com o documentário Schumacher, divulgado pela Netflix em 2021, contendo entrevistas com a esposa Corinna e os filhos Mick e Gina.

"Vivemos juntos em casa", disse Corina no longa. "Fazemos terapia. Fazemos tudo possível para que Michael melhore, garantindo seu conforto, fazendo-o sentir parte da família. Seguimos como família, como Michael gostava e ainda gosta. E nós seguimos com nossas vidas".

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Jornal 'revela' que Ferrari contratou engenheiros da Red Bull
Próximo artigo Fittipaldi faz previsão sobre a longevidade de Alonso na F1

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil