Fórmula 1 GP da Emilia Romagna

F1: Saiba como será o sistema experimental de classificação em Ímola

Equipes e pilotos enfrentarão sistema experimental de quali, não tendo liberdade de escolha de pneus no sábado

An Sauber team member works on Pirelli tyres

A Fórmula 1 vai realizar o GP da Emilia Romagna de 2023 com uma novidade depois de todas as mudanças que estão tentando fazer para favorecer o espetáculo. Será na classificação de sábado e não afetará em nada o resto das sessões, em teoria, embora tenha um efeito inevitável na prática.

Após a homologação da federação internacional, a Pirelli, que é a marca que fornece os pneus à mais alta categoria do esporte a motor, anunciou que para o mítico circuito de Ímola, as equipes e pilotos vão enfrentar um formato experimental na classificação.

Leia também:

Como será a classificação experimental do GP da Emilia Romagna de F1 em 2023 com os pneus?

Longe das modificações que a F1 fez aos fins de semana de sprint, com a inclusão de outra classificação mais curta para definir o grid de largada da corrida de sprint, a sessão experimental em Ímola será idêntica às das restantes. Ou seja, sua duração será mantida, com os habituais Q1 [18 minutos], Q2 [15 minutos] e Q3 [12 minutos], além do fato de cinco pilotos serem eliminados em cada corte antes da rodada final com os dez melhores que lutarão pela pole position.

A mudança vem nos pneus, já que para esta prova os carros devem montar um composto diferente em cada um dos segmentos. Porém, não será com livre escolha, já que terão que sair para a pista apenas com duros [cor branca] no Q1, médios [cor amarela] no Q2 e macios [cor vermelha] no Q3, algo simples, mas isso pode causar muitos problemas para as equipes.

Como será a distribuição de pneus para o GP da Emilia Romagna de 2023?

A Pirelli confirmou que, além de modificar o sistema de classificação, o número de jogos de pneus disponíveis para o fim de semana será reduzido. Anteriormente, eram até 13, mas para o encontro marcado em Ímola, as equipes terão apenas 11 à sua disposição, divididos em três conjuntos de duros, quatro médios e quatro macios, prevendo-se que sejam seis para a classificação e cinco para treinos livres e a corrida, embora isso dependa de cada equipe.

Portanto, provavelmente os pilotos usarão dois conjuntos de pneus para cada rodada na classificação [dois duros no Q1, dois médios no Q2 e dois macios no Q3]. Isso deixaria um composto duro, dois médios e dois macios para o restante das sessões, embora também seja possível para os pilotos mais rápidos usar apenas um conjunto no Q1 e no Q2 para economizar pneus.

No entanto, não serão pneus tão complexos para aquecer, já que a fabricante italiana trará sua faixa mais macia devido às condições do asfalto: “Pneus mais macios foram escolhidos para o GP da Emilia Romagna devido à baixa dureza do circuito e o pouco desgaste sofrido pelos pneus no ano passado. O C3 é o duro, o C4 é o médio e o C5 é o macio."

Além disso, este formato de classificação será repetido mais uma vez ao longo da temporada, embora ainda não tenha sido confirmado quando isso acontecerá. Será visto pela primeira vez em Ímola, onde também estrearão os novos pneus de chuva extrema, que não precisam de mantas térmicas antes de sair para a pista, embora uma das coisas mais importantes aconteça em Silverstone, quando a Pirelli modificar sua pneus para contrariar a rápida evolução que os carros de 2023 tiveram.

Podcast Motorsport.com debate: F1 chata? Culpa é da Red Bull ou dos carros atuais?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: GP em Ímola está sob ameaça de interferência devido à alerta vermelho de tempestade
Próximo artigo F1: Ex-chefe de equipe acredita que Ricciardo não teria o mesmo desempenho de Pérez

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil