Relato do treino livre
Fórmula 1 GP da Cidade do México

F1: Sainz lidera dobradinha da Ferrari no primeiro treino livre para o GP do México

Sessão abre a antepenúltima etapa da temporada 2022

Carlos Sainz, Ferrari F1-75

Na tarde desta sexta-feira (28), a Fórmula 1 abriu os trabalhos para o GP do México. E na primeira sessão de treinos livres no Autódromo Hermanos Rodríguez, deu uma dobradinha da Ferrari, com Carlos Sainz à frente de Charles Leclerc, mas com a dupla da Red Bull na cola, tendo Sergio Pérez e Max Verstappen marcando o mesmo tempo.

Lewis Hamilton foi o quinto e completaram o top 10: Fernando Alonso, Valtteri Bottas, Lando Norris, Pierre Gasly e Sebastian Vettel. Já Pietro Fittipaldi foi o 20º em uma sessão bastante complicada, com problemas no acionamento do DRS e outro no motor, que encerrou seu treino mais cedo.

Leia também:
 

O TL1 vem em meio a um dia bastante movimentado no paddock, com a divulgação dos Acordos de Violação da Red Bull e da Aston Martin sobre o teto orçamentário e o regulamento financeiro de 2021. A equipe austríaca foi multada em 7 milhões de dólares, além da perda de 10% dos testes aerodinâmicos de 2023 pela violação do limite de gastos.

A Red Bull aceitou o acordo, que a proíbe de recorrer judicialmente, mas Christian Horner criticou as punições, afirmando que são medidas "draconianas".

Já a Aston Martin foi multada em 400 mil dólares por violação de procedimentos do regulamento, mesmo operando dentro do teto.

 

O TL1 trouxe mais um grande número de não-titulares nos carros, ajudando as equipes a cumprirem suas cotas de jovens talentos: Jack Doohan na Alpine, Nyck de Vries na Mercedes, Logan Sargeant na Williams, Liam Lawson na AlphaTauri e Pietro Fittipaldi na Haas.

Após os 15 minutos iniciais, quem liderava era Verstappen, com 01min22s291 feito com pneus duros, que eram a bola da vez na sessão. Pérez era o segundo, a 0s362, enquanto Gasly era o terceiro, já a 1s270. Sainz era o quinto, com Hamilton em nono e Leclerc ainda não tinha tempo. Entre os não titulares, Doohan era o melhor, em 13º, a 2s833 do tempo de Verstappen.

 

Já Pietro era o 19º, e encontrava-se de volta na garagem. Sem conseguir acionar o DRS, a equipe o trouxe de volta aos boxes para mexer no carro.

Quando a sessão se aproximava da metade, alguns pilotos já usavam os compostos macios, apesar do forte calor. Leclerc liderava com 01min20s753, 0s148 à frente de Alonso em segundo, com Norris, Pérez e Bottas completando o top 5.

 

Pouco depois, tivemos a primeira bandeira amarela da sessão, cortesia de Verstappen, que atacou com muita força as curvas do setor intermediário, após ir muito bem no primeiro. Ele tentou controlar a trajetória do carro, mas não teve como e acabou rodando.

 

Com 23 minutos para o fim, bandeira vermelha, pelo fato da Haas de Pietro ficar parada no meio da pista com problemas no motor.

A bandeira verde foi dada novamente a 16 minutos do fim. Neste momento, Sainz liderava com 01min20s707, 0s046 à frente de Leclerc, com Pérez em terceiro e Verstappen em quarto, ambos a 0s120 e Alonso completando o top 5, enquanto Hamilton era o 16º, ainda sem tempo com os pneus macios.

 

A sessão ainda acabou alguns minutos antes, devido a um incêndio no freio da AlphaTauri de Liam Lawson, que causou uma bandeira vermelha.

No final, deu Ferrari. Carlos Sainz foi o mais rápido em uma dobradinha da equipe italiana com 01min20s707, terminando apenas 0s046 à frente de Charles Leclerc. Empatados em terceiro e quarto ficaram Sergio Pérez e Max Verstappen, ambos a 0s120 do tempo do espanhol. Completando o top 5 ficou Lewis Hamilton, a 0s142.

A Fórmula 1 volta à pista do Autódromo Hermanos Rodríguez ainda nesta sexta-feira para a segunda sessão de treinos livres para o GP do México. O TL2 acontece a partir das 18h, com duração de 90 minutos para os últimos testes da Pirelli com os pneus de 2023. Você pode acompanhar a sessão no BandSports e na F1TV Pro.

E anote aí: assim que acabar o TL2 no México tem Sexta-Livre AO VIVO no canal do Motorsport.com no YouTube com a análise completa do primeiro dia de atividades da antepenúltima etapa da temporada 2022. Não perca!

Cla # Piloto Chassi Motor Tempo Diferença
1 55 Spain Carlos Sainz Jr. Ferrari Ferrari 1'20.707  
2 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 1'20.753 0.046
3 11 Mexico Sergio Perez Red Bull Red Bull 1'20.827 0.120
4 1 Netherlands Max Verstappen Red Bull Red Bull 1'20.827 0.120
5 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 1'20.849 0.142
6 14 Spain Fernando Alonso Alpine Renault 1'20.899 0.192
7 77 Finland Valtteri Bottas Alfa Romeo Ferrari 1'21.083 0.376
8 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Mercedes 1'21.120 0.413
9 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Red Bull 1'21.310 0.603
10 5 Germany Sebastian Vettel Aston Martin Mercedes 1'21.525 0.818
11 3 Australia Daniel Ricciardo McLaren Mercedes 1'21.762 1.055
12 24 China Guan Yu Zhou Alfa Romeo Ferrari 1'21.820 1.113
13 18 Canada Lance Stroll Aston Martin Mercedes 1'21.865 1.158
14 47 Germany Mick Schumacher Haas Ferrari 1'21.952 1.245
15 6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 1'22.912 2.205
16 40 New Zealand Liam Lawson AlphaTauri Red Bull 1'23.861 3.154
17 45 United States Logan Sargeant Williams Mercedes 1'24.246 3.539
18 19 Netherlands Nyck de Vries Mercedes Mercedes 1'24.582 3.875
19 82 Australia Jack Doohan Alpine Renault 1'24.615 3.908
20 51 Brazil Pietro Fittipaldi Haas Ferrari 1'26.766 6.059

VÍDEO: Dê uma volta virtual no circuito do Autódromo Hermanos Rodríguez, no México

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate: quem poderá parar a Red Bull e Verstappen na Fórmula 1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Horner diz que punição “severa” afeta “de 0s250 a meio segundo” por volta
Próximo artigo F1: Wolff diz que punição para Red Bull é "muito pequena", mas elogia FIA

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil