F1 - Schumacher: "pontos seriam um bônus maravilhoso para ano de estreia"

Mick Schumacher acredita que não será um drama se ele não pontuar na sua temporada de estreia, mas pontuar seria um "bônus maravilhoso"

F1 - Schumacher: "pontos seriam um bônus maravilhoso para ano de estreia"

Campeão da Fórmula 2 no ano passado, Mick Schumacher subiu para a F1 com a Haas para 2021. A equipe já esperava uma temporada complicada após optar pelo desenvolvimento do carro de 2022.

A decisão deixou Schumacher e seu colega de equipe Nikita Mazepin batalhando sozinhos no fim do grid. O alemão conseguiu o melhor resultado no GP da Hungria, com um 12º lugar.

Leia também:

A Haas é a única equipe que não pontuou nesta temporada, estando três pontos atrás da Alfa Romeo no campeonato de construtores.

Mas Schumacher foi elogiado pela sua performance até agora, frequentemente vencendo Mazepin nas classificações e corridas, além de chegar ao Q2 no GP da França.

Ao ser perguntado o que faria da segunda metade do campeonato um sucesso, Schumacher respondeu "ver a Haas mais próxima dos pontos", mas que isso não faria uma diferença na temporada.

"Se nós chegarmos no fim da temporada, não constantemente, mas estarmos mais próximo do Q2 e dos pontos, acho que isso seria um sucesso para nós", disse Mick para o Autosport/Motorsport. "Claro, seria um bônus maravilhoso conseguir uns pontos. Eu acho que isso é o que realmente esperamos. Claro que algumas corridas serão mais malucas que as outros, e espero que a equipe pontue nessa corrida".

"Mas, de novo, não acho que seria um drama não pontuar, porque nós sabíamos que este ano seria difícil."

Gunther Steiner, chefe da Haas, chama a temporada de 2021 como "ano de transição" para a equipe americana, que está apostando em subir no pelotão com o regulamento de 2022.

Por mais que disputar pontos seja algo difícil para Schumacher, o piloto alemão explicou como ele botou na mira as disputas com os pilotos da Williams, George Russel e Nicholas Latifi.

"Para mim, no início da temporada, era sobre me colocar numa posição onde eu tivesse alvos diferentes. No início, talvez foi com o Nicholas e depois eu pensei 'agora eu vou me comparar com o George', eu tentava bater o ritmo dele. E eu acho que isso que me dá a oportunidade de continuar em frente e evoluir."

"Claro, somos dois novatos. Mas ainda somos capazes de aprender um com o outro. E espero que no próximo ano a gente dispute com os caras lá de cima."

Mick Schumacher, Haas VF-21

Mick Schumacher, Haas VF-21

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

F1: Conheça a INCRÍVEL história da PRISÃO de MIKA HAKKINEN horas antes do GP da Grã-Bretanha

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #124 – Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Verstappen diz que "virou a página", mas não está feliz com acidente em Silverstone
Artigo anterior

F1: Verstappen diz que "virou a página", mas não está feliz com acidente em Silverstone

Próximo artigo

F1 - Ex-empresário revela que é proibido de visitar Schumacher: "Corinna me expulsou de suas vidas"

F1 - Ex-empresário revela que é proibido de visitar Schumacher: "Corinna me expulsou de suas vidas"
Carregar comentários