F1: Sem problemas nas unidades novas, Bottas espera não ter mais troca de motor em 2021

Finlandês falou ainda sobre os problemas enfrentados para avançar no grid em Austin

F1: Sem problemas nas unidades novas, Bottas espera não ter mais troca de motor em 2021

Valtteri Bottas diz que torce para chegar ao final da temporada 2021 da Fórmula 1 sem ter que fazer novas trocas na unidade de potência, revelando que a Mercedes não detectou nenhum problema com as duas novas que o finlandês têm disponível.

O piloto passou a adotar seu sexto V6 Mercedes no GP dos Estados Unidos, acarretando em uma punição de cinco posições, forçando-o a largar em nono. Na corrida, ele conseguiu se recuperar apenas para terminar em sexto.

Leia também:

Essa foi a sua terceira penalização do ano, todas nas últimas quatro corridas. Na Itália ele largou no fundo do grid, enquanto na Rússia foi punido com 15 posições.

"Espero que tenhamos encerrado", disse. "Acho que ambos os motores que tenho disponíveis estão bons, parecem ok. Não detectamos nenhum problema com eles, então dedos cruzados que eu chegue ao fim sem penalizações".

"Porque em um campeonato com uma batalha tão apertada como essa, mesmo cinco posições compromete sua corrida. Acho que o meu caso foi mais uma questão de azar. Antes de colocarem o motor, ele havia passado por todos os testes de confiabilidade e parecia ok".

"Mas a sorte não estava ao meu lado. Tivemos mais falhas e azares. Espero que tenhamos resolvido tudo, mas só o tempo dirá".

Bottas has had to take three engine penalties in 2021.

Bottas has had to take three engine penalties in 2021.

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Bottas indicou após a classificação que seria difícil avançar no grid com as Ferraris e McLarens à sua frente, o que realmente aconteceu na corrida.

"Foi difícil como eu esperava, e o que tornou o primeiro stint ainda mais complicado é que eu fiquei atrás das AlphaTauris e não conseguia passá-los. Então obviamente perdi tempo ali. Infelizmente, não tive ajuda de safety car ou algo do tipo, então progredi, mas lentamente".

Sobre a próxima corrida, no México, ele disse: "Acho que será difícil, sem dúvidas. A Red Bull é sempre boa lá, e sua unidade de potência vai bem em altas altitudes. Não espero um fim de semana fácil, mas vamos tentar fazer mais pontos do que eles".

RUBENS BARRICHELLO NA BAND: Rubinho será comentarista convidado no GP de São Paulo de F1; saiba mais

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #141 - É o fim da linha para Mercedes e Hamilton após GP dos EUA?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Podcast #141 - É o fim da linha para Mercedes e Hamilton após GP dos EUA?
Artigo anterior

Podcast #141 - É o fim da linha para Mercedes e Hamilton após GP dos EUA?

Próximo artigo

F1: Rosberg diz que campanha de Verstappen é "gigante", mas ainda aposta em Hamilton campeão

F1: Rosberg diz que campanha de Verstappen é "gigante", mas ainda aposta em Hamilton campeão
Carregar comentários