Fórmula 1 GP da Bélgica

F1: Tsunoda troca motor, larga do pitlane e faz com que Verstappen, Leclerc e pilotos punidos avancem no grid

Troca foi feita sem a autorização do delegado técnico da FIA, o que o força a sair do pitlane

Yuki Tsunoda, AlphaTauri AT03

O grid de largada para o GP da Bélgica de Fórmula 1 teve mais uma alteração de última hora: a AlphaTauri optou por trocar o motor de Yuki Tsunoda, forçando-o a largar do pitlane, o que faz com que os demais pilotos punidos, incluindo líder e vice-líder do Mundial, Max Verstappen e Charles Leclerc avançarem uma posição.

Tsunoda havia se classificado em 19º no sábado após um Q1 complicado, mas com a punição dos demais, ele largaria em 13º. Mas agora a AlphaTauri optou por colocar alguns novos componentes da unidade de potência em seu carro: motor de combustão interna, turbo, MGU-H e MGU-K.

Leia também:

Como isso foi feito sem a aprovação do delegado técnico da FIA, Tsunoda terá que largar do pitlane.

Com isso, Verstappen passa a largar em 14º, com Leclerc indo para a 15ª posição e assim sucessivamente até Mick Schumacher, que será o último na pista, mas largando em 19º.

F1 2022: Max VOA mas SAINZ é POLE! DEBATE do quali e MERCADO, com Herta/AlphaTauri e Gasly/Alpine | Q4

Podcast #192 – Sequência de corridas decidirá campeonato da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Russell acredita que Verstappen ganhará GP da Bélgica "confortavelmente"
Próximo artigo F1 - Verstappen: mudanças em Spa tornarão largada mais cautelosa

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil